PRIMEIRA MÃO

Wilson Lima faz mudanças no secretariado pensando em 2022

Maria Josepha Chaves
O governador Wilson Lima (PSC) anuncia nesta terça-feira (3) mudanças importantes em seu secretariado

Em uma só tacada, governador troca secretários da Segurança e Educação

Luís Fabian é o novo nome forte do Governo do Estado

General Mansur se reúne com governador

Uma mulher passa a comandar a Seduc

Prefeito de Iranduba vai gastar R$ 6 milhões em obras no Ariaú

Arquidiocese faz dois dias de seminário contra a impunidade do massacre no rio Abacaxis

PF prende madeireiros que vendiam paletes para empresas do Distrito Industrial

Vai de mal a pior o trânsito de Manaus

Wilson anuncia novos secretários

O governador Wilson Lima (PSC) anuncia nesta terça-feira (3) mudanças importantes em seu secretariado. Como antecipou em primeira mão o Portal ÚNICO, o general de Divisão do Exército Brasileiro Carlos Alberto Mansur assume a Secretaria de Segurança no lugar de Louismar Bonates. Na Secretaria de Educação e Desporto (Seduc) entra Maria Josepha Chaves, a Kuka Chaves, no lugar de Luís Fabian, que passa a responder pela articulação política do Governo e deve assumir a Secretaria de Governo, a ser recriada, ou a Casa Civil. A decisão será anunciada hoje pelo governador Wilson Lima.
A estratégia de Lima é reforçar o Governo para os últimos 17 meses de mandato e chegar em julho de 2022 em condições de disputar a reeleição.

Fabian, o novo todo- poderoso

Luís Fabian é o novo todo poderoso do Governo. Não só indicou sua substituta na Seduc, secretaria que tem o maior orçamento do Estado, mas também se fortalece politicamente ao ser ungido como articulador político. A missão é estreitar as relações com os deputados estaduais e ajudar o governador a azeitar o secretariado na reta final de Governo.

Uma mulher na Seduc

Kuka Chaves, que passa a comandar a Seduc, é atual coordenadora do Programa de Aceleração do Desenvolvimento Educacional do Amazonas (Padeam). A nova comandante da Seduc tem pedigree político. É filha do falecido Jayth Chaves, que foi secretário de Produção Rural no Governo de Gilberto Mestrinho.

Mansur já na ativa

Prestes a ser anunciado como novo secretário de Segurança Pública, o general Carlos Alberto Mansur se reuniu ontem com o governador Wilson Lima, em encontro que reuniu também deputados estaduais e o secretário demissionário, coronel PM Louismar Bonates. Este alegou motivos de saúde para pedir exoneração do cargo.

Carretas sufocam trânsito de Manaus

A cada dia o trânsito de Manaus piora e, em algumas avenidas como a Ephigênio Salles, a situação é dramática. Caminhões, carretas, ônibus, motos e carros de passeio circulam a qualquer hora, embora exista uma lei municipal que determina horários específicos para circulação de caminhões e carretas.

Ferraz abre os cofres

O prefeito de Iranduba, Augusto Ferraz (DEM), assinou a autorização de abertura do crédito especial no valor de R$ 6,1 milhões para executar obras de recuperação viária na comunidade de Ariaú. Ferraz publicou no Diário Oficial da Associação Amazonense dos Municípios (AAM) que a Câmara Municipal foi devidamente informada e autorizou a abertura do crédito que tem como fonte recursos próprios, ou seja, o valor de mais de R$ 6 milhões será retirado dos cofres públicos municipais.

Barrando a Covid

Uma equipe de 26 profissionais de cinco instituições de Saúde do Amazonas foi enviada para a região do alto Solimões, para realizar o diagnóstico situacional na região. Na semana passada, foi identificado risco de Covid na área, com variantes do coronavírus do tipo delta e lambda. Nos municípios de Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte serão feitas testagem em massa e intensificação da vacinação.
Até a data de ontem, nenhum desses municípios tinha pacientes internados com Covid-19.

PF prende madeireiros

A Polícia Federal executou uma operação de prisão e apreensão contra o corte e venda clandestina de madeira, na forma de paletes, para empresas do Distrito Industrial de Manaus. Nesse combate à extração ilegal de madeira foram fechadas três empresas e presas quatro pessoas. A PF não divulgou nomes.

CNJ rejeita recurso de Hugo Levy

Há 11 anos o juiz Hugo Levy, afastado de suas funções pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) tenta retornar para o Judiciário amazonense, mas ontem sofreu novo revés, com a negativa da istra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber que negou novo pedido de volta.
Levy foi punido com a aposentadoria compulsória após o CNJ comprovar que ele integrava uma organização criminosa na Prefeitura de Coari, que fraudava licitações públicas sob o comando do então prefeito à época, Adail Pinheiro (PP).

Um ano do massacre

A Arquidiocese de Manaus coordena hoje (3) a amanhã (4) um seminário-protesto contra a impunidade sobre o massacre ocorrido no rio Abacaxis, na região de Nova Olinda e Borba, há um ano. O seminário “Um ano do massacre do Abacaxis: Haverá justiça?” será virtual e terá indigenistas e religiosos na condução dos debates.
O conflito, com envolvimento da Polícia Militar, resultou na morte de dois indígenas Munduruku e três ribeirinhos e no desaparecimento de dois adolescentes, além de diversos relatos de tortura e perseguição.

Inscrições do SISU

Começam hoje (3) as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), usado para selecionar candidatos a vagas em instituições públicas de ensino superior a partir das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições são válidas para quem participou da última edição do Enem e não zerou na prova de redação.


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *