Wilson Lima apresenta ações para o combate a queimadas

Operação Aceiro começa com 74 bombeiros e 10 viaturas

Força Nacional vai atuar em conjunto no Sul do Amazonas

O governador Wilson Lima apresentou, nesta segunda-feira (10), no Centro de Monitoramento Ambiental e Áreas Protegidas do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), o planejamento e as primeiras ações do Governo do Amazonas neste início do período de estiagem (seca) para conter focos de incêndio, em especial na região sul do estado conhecida como “arco de fogo”.

Redução

Na ocasião, o governador destacou a redução de 55% no desmatamento no estado do Amazonas, no primeiro semestre deste ano, quando comparado ao mesmo período de 2022, e comentou que o Estado fica em alerta durante todo ano, mas com atenção especial no período de estiagem com uma operação integrada. Os dados são do sistema DETER, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Equipes de trabalho

“Temos o nosso Corpo de Bombeiros lá na região (sul), temos os voluntários formados também pelo nosso Corpo de Bombeiros, trabalhadores da prefeitura, dos departamentos de Meio Ambiente, temos agora o envio dos homens da Força Nacional que também vão integrar essa operação; lembrando que a operação Tamoiotatá é permanente. A gente reforça o efetivo nesse período do ano em que aumentam as queimadas e também o desmatamento”, ressaltou Wilson Lima.

Reforço

Nesta segunda-feira (10), embarcou para municípios do Sul do estado uma tropa do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, com 74 bombeiros militares e dez viaturas, como parte da primeira fase da Operação Aceiro 2023, reforçando o combate a incêndios florestais.


“Desde março nós estamos no terreno, primeiro capacitando os brigadistas municipais e agora enviamos o primeiro módulo de combate ao incêndio, são 74 bombeiros e 10 viaturas que já foram deslocadas na região conhecida como o arco do desmatamento e vamos permanecer até novembro”, informou o comandante Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Orleilso Ximenes Muniz.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *