Wilson Lima acompanha reabertura das aulas presenciais da rede estadual em Manaus

O governador Wilson Lima acompanhou a retomada das aulas presenciais nas escolas da rede estadual nesta terça-feira (1)

Hoje, 150 escolas voltaram às atividades e outras 74 retornarão amanhã

As escolas foram adaptadas para atender os protocolos de biossegurança

O governador Wilson Lima acompanhou a retomada das aulas presenciais nas escolas da rede estadual nesta terça-feira (1), visitando a Escola Estadual Gabrielle Cogels, no Puraquequara (Zona Leste), onde destacou que as escolas são ambientes seguros e a importância do ensino presencial. “Esse é o momento de começar a trabalhar para recuperar os últimos seis meses. Nós estávamos trabalhando com aula virtual, com o ‘Aula Em Casa’, mas temos um ganho com o diferencial da presença do professor aqui na sala de aula para poder tirar as dúvidas, reforçando o acompanhamento do aluno”, disse ele.

As aulas que eram inteiramente remotas estão sendo substituídas pela modalidade híbrida, que combina o ensino presencial com o on-line.

As turmas foram divididas em dois grupos (A e B), que vão frequentar a escola em dias alternados. Quando um grupo estiver na unidade, o outro deverá estar em casa, acompanhando as transmissões do “Aula em Casa” ou dando continuidade às atividades remotas designadas pelas escolas. Os grupos serão definidos pela própria equipe escolar da unidade, que deverá informar os pais e/ou responsáveis.

Às sextas-feiras, não haverá aula nas escolas, sendo esse dia reservado para o Horário de Trabalho Pedagógico (HTP) dos professores. A decisão, no entanto, não implica que os estudantes não terão atividades pedagógicas para realizar em casa.

Protocolos

As escolas estão adaptadas com pias próximo às entradas, dispondo de sabonete líquido, papel toalha e álcool em gel. Há ainda dispensadores de álcool e tapetes sanitizantes, que devem ser usados por todos. A temperatura corporal será aferida na entrada das escolas, e aqueles que apresentarem temperatura superior a 37,5º C serão orientados a retornar para casa e procurar atendimento médico. O uso de máscaras no ambiente escolar é, novamente, obrigatório.

Vacinação

O governador Wilson Lima afirmou que a maior parte dos trabalhadores da Educação já recebeu a primeira dose da vacina AstraZeneca, produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e, de acordo com estudos divulgados pela instituição, a primeira dose da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford já garante eficácia geral de 76%.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *