Vice-governador Tadeu de Souza discute aplicação de inovações tecnológicas na proteção ambiental

Tecnologias da EST/UEA podem ajudar no combate às mudanças climáticas

Universidade desenvolve novas ferramentas também para o Polo Industrial de Manaus

O vice-governador do Amazonas, Tadeu de Souza, esteve na unidade da Escola Superior de Tecnologia da Universidade do Estado do Amazonas (EST/UEA) para conhecer as novas tecnologias que estão sendo desenvolvidas pelos pesquisadores da instituição, para controle, prevenção e proteção ambiental. O objetivo é estudar o potencial de novas ferramentas em relação às políticas de proteção ambiental e de crescimento econômico do estado.

“Fizemos reuniões com professores, pesquisadores e estudantes sobre os diferentes projetos desenvolvidos por eles e que, certamente, irão impactar no futuro dos amazonenses. Orgulho em ver que a nossa UEA, por meio da EST, faz ciência e tecnologia de ponta”, declarou Tadeu de Souza.

Projetos

Os pesquisadores da EST/UEA fazem trabalho preventivo voltado à cheia e seca dos rios em 2024, monitoram em tempo real a qualidade do ar no Estado e os focos de incêndio – por meio do aplicativo SELVA – e o projeto-piloto Curupira, capaz de identificar sons do desmatamento, como motosserra e trator.

“O ‘Curupira’ é uma ferramenta de monitoramento de crimes ambientais que pode ser utilizada pelo sistema nacional de repressão e pelos órgãos que executam a política ambiental do Amazonas. Veio em boa hora, principalmente nesse momento em que a gente sofre com os eventos climáticos extremos”, avaliou o vice-governador.

Polo Industrial

O vice-governador visitou também os laboratórios que funcionam em parceria com empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM), qualificando mão de obra para o setor tecnológico. O foco do Parque Tecnológico da unidade é nos mercados de jogos eletrônicos e de semicondutores (matéria-prima de chips), aproveitando o recente movimento global de descentralização de produção desse último.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *