Veja quem serão os jurados do Festival de Parintins

Escolhidos são do Rio de Janeiro, Santa Catarina, Maranhão, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Paraná

Eles já estão na Ilha Tupinambarana

Já estão na Ilha Tupinambarana os dez jurados que vão avaliar as apresentações dos bumbás Garantido e Caprichoso, durante o Festival Folclórico de 28, 29 e 30 de junho. A Prefeitura de Parintins divulgou a lista nesta segunda-feira.

Confira quem são:

Beto Brandão – Presidente da Comissão julgadora – Cientista social, filósofo e administrador com pós-graduação em Antropologia, Etnologia Indígena, Música e Artes Visuais, com experiência de 18 anos como jurado na Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo (LIGA SP) e 22 anos como jurado do Grupo Especial da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIESA RJ).

Chico Saraiva – violonista, pesquisador e tocador de viola machete, integrante do grupo A Barca e compositor. Atualmente mora na sua ilha natal Florianópolis (SC) e faz doutorado.

Ferran Tamarit – Músico, percussionista e arte-educador hispano-brasileiro residente no Rio de Janeiro, onde se estabeleceu em 2014. Etnomusicólogo, professor e pesquisador, há mais de 15 anos estuda as principais manifestações populares da cultura e do folclore afro-indígena, tanto brasileiras como latinoamericanas e caribenhas.

Marco Scarassat – Artista sonoro, improvisador e compositor. É professor e pesquisador na área de Composição Musical da Escola de Música da UFMG e desenvolve como professor da pós-graduação em Música, a pesquisa Escutas do fim do mundo, Música e Arte Sonora no Antropoceno.

Sergio Torrente – Artista popular e arte-educador, criador do projeto Circuito Arte Móvel, há mais de quatro décadas viaja pelas estradas do Brasil, bem como no Chile, França e Argentina. Pesquisador, incentivador e influenciador real da valorização da cultura popular local de cada comunidade visitada, despertando o sentimento de pertencimento e valorizando a re-união familiar e comunitária.

Reonaldo Manoel Gonçalves – 56 anos, natural de Florianópolis, Santa Catarina. Discípulo do mestre cantador de Bois de Mamão Zé Benta ( em memória) e da professora de teatro em Comunidade da Universidade do Estado de Santa Catarina, Márcia Pompeo Nogueira (em memória). É professor/formador da Rede pública municipal de Ensino de Florianópolis.

Liana Gesteira – é artista da dança, pesquisadora, crítica cultural e professora substituta da graduação em Dança da Universidade Federal de Uberlândia. Graduada em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, mestre em Dança pela Universidade Federal da Bahia e atualmente está cursando doutorado também na UFBA

Ana Caroline Amorim Oliveira – Antropóloga e professora do Programa de Pós -Graduação em Cultura e Sociedade -Pgcult da Universidade Federal do Maranhão -UFMA que pesquisa e trabalha com os povos originários com ênfase sobre povos Ramkokamekra/Canela, Tentehar/Guajajara e os Anapuru/Muypurá.

Camila Uchoa – Camila é graduada em História da Arte pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Durante sua formação, atuou como assistente de artistas nas áreas de fotografia e figurino, conciliando esses trabalhos com projetos acadêmicos. Atualmente, leciona como professora substituta no curso em que se graduou, no Departamento de Teoria e História da Arte, no Instituto de Artes da UERJ.

Carolina Martins – Doutora em História Social pela Universidade Federal Fluminense. Possui mestrado em História Social pela UFF, graduação em História (Bacharelado e Licenciatura) pela mesma universidade. Em 2024, realizou estágio no Centro de Estudos Latino-americanos/CLAS da Universidade de Pittsburgh, EUA. É integrante da Comissão Maranhense de Folclore, colaboradora do Museu Afro-digital do Maranhão e consultora especializada do IPHAN-MA.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *