Veja porque levar a sua própria sacola para o supermercado amanhã

Lei que proíbe o uso de sacolinhas plásticas entra em vigor nesta quinta-feira

Medida visa reduzir o descarte de plásticos no meio ambiente

Entra em vigor nesta quinta-feira (20) a lei que proíbe os estabelecimentos comerciais de Manaus de vender para seus clientes as sacolinhas de plástico para acondicionamento das compras. A distribuição gratuita também está proibida. A lei proíbe o uso em geral das sacolas plásticas nos estabelecimentos comerciais. Cada cliente deve levar sua própria sacola.
A “Lei das sacolas”, como ficou conhecida, foi promulgada no ano passado e gerou muita polêmica. Em virtude disso, a Prefeitura de Manaus estipulou o prazo de um ano para que estabelecimentos comerciais e clientes pudessem se adequar à nova regra.

Só as retornáveis

O objetivo da medida é estimular os consumidores a utilizarem bolsas reutilizáveis, que não prejudiquem o meio ambiente.
O diretor-presidente do Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas – Procon-AM , Jalil Fraxe, informou que nenhum estabelecimento pode usar as sacolas plásticas. “No máximo, o que eles podem fazer, é distribuir gratuitamente as (sacolas) biodegradáveis ou as retornáveis”, disse ele, referindo-se às bolsas de pano, de lona, de plástico, de palha ou qualquer outro material não descartável.

Embalagens originais

A lei não se aplica às embalagens originais das mercadorias, de produtos alimentícios e embalagens que contenham água. Em caso de denúncias de descumprimento da nova lei, o consumidor pode ir à sede do Procon-AM, localizada na avenida André Araújo, bairro Aleixo ou entrar em contato pelos números de telefone 0800 092 1512 e 3215-4009.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *