Vacinação para adolescentes vai ter 44 pontos de atendimento em Manaus na sexta-feira

Os jovens com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas terão prioridade

Quem não tiver CPF ou Cartão do SUS deve procurar uma unidade de saúde para emissão do documento antes da vacinação

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), anunciou que serão abertos 44 pontos de atendimento da rede municipal de saúde para a vacinação contra a Covid-19 dos adolescentes de 12 a 17 anos, que começa na próxima sexta-feira (13). Serão atendidos, inicialmente, os portadores de comorbidades, os que têm deficiência permanente, as gestantes e puérperas, e, a partir de sábado (14), os demais jovens incluídos na mesma faixa etária.
Segundo David, Manaus é uma das primeiras cidades brasileiras a iniciar a vacinação de menores de 18 anos.
Para receber essa faixa da população, estimada em 237 mil pessoas, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) preparou 44 pontos de atendimento para a sexta-feira e 50 pontos para o sábado. Na sexta, funcionam quatro locais estratégicos de grande fluxo – Shopping Phelippe Daou e Studio 5, com postos apenas para pedestres, e Sesi e Sambódromo, para pedestres e drive thru – duas escolas da rede pública e 38 Unidades Básicas de Saúde (UBSs). No sábado, além desses, estarão operando mais quatro UBSs, uma escola pública e o Centro de Convenções Vasco Vasques.
Todos os pontos estarão abertos das 9h às 17h, e em todos eles também serão atendidos os maiores de 18 anos que ainda não se vacinaram com a primeira dose e aqueles que já estão prontos para completar o esquema vacinal com a segunda dose. A relação completa dos locais de atendimento está disponível nas redes sociais da Semsa (@semsamanaus, no Instagram, e Semsa Manaus no Facebook) e no site da Semsa, com acesso pelo link https://semsa.manaus.am.gov.br/noticia/locais-de-vacinacao-covid-19/, atualizado diariamente.
Os adolescentes serão vacinados com o imunizante da Pfizer, por enquanto o único autorizado pela Anvisa para aplicação em menores de 18 anos no Brasil, e que o intervalo entre as duas doses, conforme orientação vigente do Ministério da Saúde, é de 84 dias.
Para ser vacinado, o jovem precisa apresentar os seguintes documentos: RG ou certidão de nascimento, CPF ou o Cartão Nacional do SUS e um comprovante de residência, com cópia. O adolescente que não tiver CPF nem Cartão Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) deve procurar uma UBS para emitir o Cartão.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *