Ufam e Associação Vaga Lume abrem debate sobre leitura infantil

Foco é o incentivo à leitura para promover mudança de vida

Voluntários leem para crianças da região amazônica

Nesta quinta-feira (14), alunos do curso de pedagogia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) participam da roda de conversa “Livros, Crianças, Bibliotecas & Amazônia” , que terá a participação das educadoras da Associação Vaga Lume Gabriele da Silva, Itaciara Dias e Suelen Karoline, além de Lucas Brito, analista de relações institucionais da Associação.

Durante o encontro, os estudantes serão convidados a participar e interagir a partir de uma mediação de leitura, além de conhecerem a experiência da Vaga Lume com livros e literatura na Amazônia.

Realidade amazônica

“É essencial que os alunos de Letras entendam as técnicas e metodologias que a Vaga Lume utiliza e conheçam a experiência da associação no interior do Amazonas. Poucos têm acesso à realidade amazônica na área de educação e, principalmente, no trabalho de incentivo à leitura. Então, é fundamental que essa parceria aconteça e que possibilite a troca de experiências e informações, especialmente com os estudantes”, diz Luiz Carlos Martins Souza, professor da Universidade Federal do Amazonas.

A palestra é aberta ao público mas com vagas limitadas. Para participar, é necessária a inscrição prévia através do formulário: https://forms.gle/SjB6qgn2vzqiwMeaA.

Sobre a Vaga Lume

Criada há 22 anos, a Associação Vaga Lume está presente em 22 municípios da Amazônia Legal com 89 bibliotecas comunitárias. Desde 2001 já doou 163 mil livros e formou mais de 5 mil mediadores de leitura, voluntários que leem para as crianças, trabalho esse que já impactou a vida de 109 mil crianças e jovens. O seu propósito é empoderar crianças e jovens de comunidades rurais da Amazônia por meio da leitura e da gestão de bibliotecas comunitárias, promovendo intercâmbios culturais com a leitura, a escrita e a oralidade para ajudar a formar pessoas mais engajadas na transformação de suas realidades.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *