Ufam chega a mil professores com o título de doutor

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) entrou para o seleto grupo das universidades federais do Brasil a possuir a maioria do seu quadro de docentes com doutorado. A Ufam registrou o milésimo professor do quadro ativo permanente da Universidade a conquistar o título de doutorado. Agora de acordo com o Departamento de Planejamento Estratégico da Ufam, dos 1625 docentes da Instituição, sem contar os professores afastados para capacitação, a instituição de ensino superior registra 1001 doutores, 476 mestres, 116 especialistas e 32 graduados.O reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, disse que a marca histórica de 1000 docentes do quadro ativo com o título de doutor é resultado de esforço institucional que começou na década de 1990, quando a Ufam possibilitou a qualificação de um grande número de docentes.

“Outra estratégia iniciada em meados dos anos 2000 foram os Mestrados e Doutorados Interinstitucionais, os quais permitiram que mais docentes conquistassem o título, com afastamento mínimo do Amazonas.O professor José Gil Vicente, que leciona as disciplinas Didática Geral e Psicologia das Organizações e do Trabalho no Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia de Itacoatiara (Icet), é um entre os mil docentes com o título de doutor da universidade. Com duas graduações, em Pedagogia e Psicologia; dois mestrados; dois doutorados e um pós-doutorado, ele falou sobre a importância da formação contínua na contemporaneidade.

“Atualmente, o cenário econômico mundial exige cada dia mais que sejamos especialistas qualificados e que estejamos preparados para o futuro. Manter-se atento e vigilante a essas transformações é não perder de vista a possibilidade de crescimento profissional e pessoal. Neste sentido, a educação contínua é o principal instrumento de aperfeiçoamento dessa prática, tendo em vista a necessidade de se atualizar sempre”, afirmou o pesquisador.

Contribuição da Prospera pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade, professora Selma Baçal, disse que a contribuição da Propesp para essa conquista da Universidade foi fundamental. “Nós ficamos muito felizes por termos atingido a marca de mil doutores na Ufam. A Propesp contribuiu, de forma decisiva, para essa formação de doutores na nossa Universidade, o que só fortalece a nossa graduação e a nossa pós-graduação. Continuamos trabalhando de forma firme para formar uma quantidade ainda maior de doutores e chegarmos aos 100% de nossos docentes com a titulação de doutor”, enfatizou.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *