PRIMEIRA MÃO

Tudo pronto para o envio das tropas da Força Nacional para o Amazonas

forca nacional
O Ministério da Justiça e Segurança Pública publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (8) a portaria que autoriza o envio das tropas

Ônibus e vacinação voltam ao normal e a maioria dos órgãos público fará teletrabalho

David vai a Brasília em busca da Guarda Municipal Armada

Amazonino de malas prontas para desembarcar em Manaus

Funcionários se vestem de branco e fazem homenagem a Marcellus Câmpelo

O Ministério da Justiça e Segurança Pública publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (8) a portaria que autoriza o envio das tropas da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) para o Estado do Amazonas. Esse é o primeiro passo do processo. A data da chegada das equipes de “pronta-resposta” não foi divulgada, assim como o tamanho do contingente, itens que serão definidos pela diretoria da própria FNSP.

Mas a portaria já deixa claro que a atuação deverá durar 30 dias, com ações “em caráter episódico e planejado” e que o Governo do Amazonas deverá oferecer todo o apoio logístico e de infraestrutura necessários para o desempenho “das atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio”.
Os agentes da FNSP vão atuar tanto na capital quanto no interior do Estado.

Duas ocorrências no interior

Em Manaus, a noite de segunda foi tranquila, mas pelo menos um site de notícias divulgou que houve ocorrências em Caapiranga e Nhamundá, Na primeira, houve tentativa de incêndio na 32ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) e de viaturas, enquanto na segunda um flutuante foi incendiado e o morador ficou ferido, sendo transferido para Parintins. Ainda não se sabe se é continuação dos ataques ocorridos em Manaus e outros municípios do interior.

David Almeida em Brasília

O prefeito de Manaus, David Almeida, vai a Brasília nesta terça, para reunião com representantes do governo federal para discutir ainda o enfrentamento da cheia e, agora, a liberação de recursos para a recuperação das estruturas físicas das unidades da prefeitura atingidas pelos incêndios criminosos. Além disso, anunciou que vai se encontrar com gestores da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), que financia guardas municipais armadas. David inclusive está enviando projeto nesse sentido para a Câmara Municipal de Manaus.

Frota normalizada e vacinação confirmada

Tudo transcorrendo normalmente na manhã desta terça-feira no sistema de transporte coletivo. Conforme anunciado ontem, a frota voltou para as ruas com 100% de operacionalização. No sistema de vacinação, a Secretaria Municipal de Saúde também informou que tudo será retomado normalmente. Aqueles que têm vacinação agendada, podem procurar os postos da prefeitura.

Governo em teletrabalho

O Governo do Amazonas informou que os trabalhos desta terça nos órgãos públicos continuam suspensos de forma presencial. Os servidores vão operar na modalidade teletrabalho. Apenas os serviços essenciais das áreas de Saúde e Segurança serão mantidos 100% operacionais.
As aulas nas redes públicas estadual e municipal também permanecem apenas na modalidade on-line.

Presos ficam em Manaus

O governo do Amazonas informou também que não foi solicitada ao governo federal a transferência de presos para presídios federais. De acordo com Wilson Lima, o servidor de inteligência do estado “não detectou nenhum indício de que a ordem tenha partido dos presídios”.

Despedida dolorosa

Foi em clima de muita emoção e com muito choro que o hoje ex-secretário de Saúde, Marcellus Campêlo, se despediu de sua equipe, na segunda-feira à tarde. Os servidores vestiram-se de branco e foram para frente da Secretaria esperar a chegada de Marcellus, que foi abraçado e elogiado pelos funcionários. O sentimento entre eles é de que o secretário foi injustiçado. Câmpelo pediu demissão “para facilitar ao máximo o acesso das autoridades aos documentos sobre contratos e decisões que tomei a frente do órgão”. Ele ficou preso por cinco cinco dias por causa de investigações sobre contratos realizados na área da saúde.

Secretário interino

Caberá ao secretário executivo do Controle Interno da Secretaria Estadual de Saúde, Sílvio Romano, ocupar interinamente o cargo de secretário de Saúde. O governador Wilson Lima teria sido pego de surpresa com o pedido de demissão de Marcellus e ainda não tem um nome pronto para efetivar no cargo.

Falta de empatia

Seria bom que o novo secretário de Saúde do Amazonas começasse um treinamento entre os servidores que fazem atendimento ao público nas unidades de Saúde. O Hospital Alfredo da Matta, por exemplo, é uma tragédia nesse sentido, com as atendentes organizando o público com impaciência e grosseria a todo momento. E é fato corriqueiro.

Amazonino voltando

O ex-governador Amazonino Mendes está de malas prontas para desembarcar em Manaus. A previsão é que ele retorne de São Paulo onde está há alguns meses até o final deste mês de junho. Ontem (7) um vídeo circulou com mensagem do ex-governador sobre os ataques do Crime Organizado que ocorreram em Manaus. Ele lamenta o fato, presta solidariedade aos amazonenses e conclui com a frase de que “ A chama da esperança não se apagou”.

Bolsonaro de motocicleta

Quem também está se assanhando para desembarcar mais uma vez em Manaus é o presidente Jair Bolsonaro. Agora ele decidiu que vai fazer “motociatas” por todo o país e seu fiel escudeiro no Amazonas, Coronel Menezes, já está organizando a vinda do mandatário. Tomara que ele lembre que algumas das motos que ele usa são fabricadas na Zona Franca de Manaus.

Depoimento agendado, STF aguarda resposta

A CPI da Pandemia, do Senado Federal, já ostenta em sua agenda oficial o depoimento do governador Wilson Lima para a próxima quinta-feira (10). Mas a ministra do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber, ainda não decidiu se vai suspender ou não os depoimentos dos governadores conforme eles solicitaram. Ela pediu manifestações do advogado-geral da União, André Mendonça, e do procurador-geral da República, Augusto Aras. O prazo para as manifestações terminou ontem e hoje ela deve decidir.

Vampirão na Aleam

Hoje a Unidade Móvel da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam), conhecida como “Vampirão”, estará no estacionamento da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizando a coleta de sangue dos servidores doadores voluntários. O desafio do presidente da Casa, deputado Roberto Cidade, é bater o recorde de 300 bolsas coletadas em um só dia.


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *