Tribunal Superior eleitoral cassa mandato do prefeito de Presidente Figueiredo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou nesta segunda-feira (6) o mandato do prefeito do município de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça (Progressista) e do vice-prefeito Mário Abraão (PDT).  Ambos são acusados de usar na campanha eleitoral de 2016 dinheiro obtido de empresa de origem não identificada.

A decisão desta segunda-feira foi do ministro relator Luís Felipe Salomão. Ele recomendou o afastamento imediato dos cargos e deixa ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para que adote as medidas necessárias para eleições no município. A defesa do prefeito informou que vai recorrer. 

Em novembro do ano passado o TRE cassou o mandato de Romeiro e do vice Abraão, mas eles conseguiram retornar aos cargos em ações jurídicas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *