Tribunal Eleitoral inaugura Comitê de Combate à Desinformação

Objetivo é combater as “fake news” na eleições deste ano

CCD vai usar inteligência artificial contra as notícias falsas

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas, desembargador João Simões anunciou nesta quarta-feira (12), o início das atividades do Comitê de Combate à Desinformação (CCD), que vai funcionar na sede da corte eleitoral e tem como atribuição principal combater a influência de notícias falsas (fake news) durante as eleições deste ano.

O presidente do TRE destacou que o CCD vai funcionar como suporte para combater os possíveis ataques às eleições municipais, que acontecem em outubro.

“Nós visualizamos o CCD como suporte ao presidente do pleito, para atender de forma mais séria, mais segura todos esses possíveis ataques à honra dos candidatos e ao processo em geral”, disse o presidente.

Como vai funcionar

O presidente do TRE-AM explicou que as equipes farão monitoramento das redes sociais e também serão deslocadas aos pontos das denúncias, dando apoio ao presidente do pleito com uma pronta resposta. “Este comitê vai funcionar durante 24 horas, todos os dias da semana”, assegurou João Simões.

O comitê está formado por uma equipe de servidores que vai identificar as denúncias apontadas por cidadãos, partidos ou candidatos. A Justiça Eleitoral vai disponibilizar um link para que as denúncias possam ser feitas.

Remoção de conteúdo

O procurador regional eleitoral do Amazonas, Rafael da Silva Rocha, explicou que após uma denúncia da população, por exemplo, o Ministério Público pode e deve ajuizar representações com o objetivo principal de remover o conteúdo falso de forma rápida

Rafael Rocha lembrou que quem financia a distribuição de informações falsas ou contrata pessoas para que façam essa divulgação, comete crime e pode ser preso, da mesma maneira as pessoas que foram contratadas para prestar o serviço.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *