fbpx

Tribunal de Contas quer saber do Governo do Amazonas porque a vacinação “empacou” no estado

Posse do novo presidente do TCE será no dia 21

Guerra nos bastidores pelo comando da Suframa

Vice-presidente Mourão confirma agenda em lançamento de projeto

PGE recebe prêmio por avanços na Ouvidoria do estado

CPI da Amazonas Energia ouve histórias absurdas nos bairros

Yanomamis pedem socorro na Praça do Congresso hoje

Empresas de Tecnologia e Informação não precisam mais se mudar para a Zona Franca

Abinee comenta desmonte do setor industrial brasileiro feito pelo governo Bolsonaro

Por Cláudio Barboza e Solange Elias, com as editoras do Único

TCE faz auditoria na vacinação

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) decidiu ontem fazer auditorias na campanha de vacinação do Governo de Wilson Lima (PSC), para entender porque o Amazonas passou de estado de referência no início do Plano Nacional de Imunização para o 22° posição, entre os 26 estados brasileiros e Distrito Federal. Os conselheiros se disseram preocupados com uma possível estagnação no ciclo vacinal da população e vão buscar entender e mapear as razões pelas quais o processo de vacinação empacou no Amazonas.

Fura-filas liberados

O TCE decidiu também arquivar as denúncias sobre os “fura-filas” que no início da vacinação, ainda em janeiro deste ano, atropelaram o processo para se imunizarem antes dos grupos prioritários.

Posse de Desterro

Marcada para o próximo dia 21 a posse do conselheiro Érico Desterro na presidência do Tribunal de Contas do Estado, na sede da corte, a partir das 10h. O acesso será limitado e sob normas de segurança sanitária.

Vacinação hoje

Manaus terá 57 pontos de vacinação nesta sexta-feira (10), dias 9 e 10/12. A Prefeitura de Manaus, que coordena a imunização na capital, alerta para locais e horários de funcionamento das unidades de saúde, pontos estratégicos, Centros de Atenção Integral à Criança (Caic) e de Atenção Integral à Melhor Idade (Caimi), feira Manaus Moderna e seis shoppings, que retomam a aplicação de doses nesta quinta-feira. O ponto de vacinação do shopping Millenium passará a atender somente de segunda à quarta-feira.

Disputa pela Suframa

As articulações pelo comando da Suframa prosseguem em ritmo intenso. Luiza Deusdará, do Ministério da Economia, é o nome que tem apoio de um dos deputados federais do Amazonas para tomar o lugar do atual superintendente Algacir Polsin. As mudanças no PL, com a filiação de Bolsonaro e de outros políticos do Amazonas que vão ingressar no partido, fortalece os que almejam a mudança.

Apoio pela mudança

O secretário Especial do Ministério de Produtividade e Competitividade, Carlos da Costa, é um dos que trabalham pela mudança no comando da Suframa, apoiando Luiza Deusdará, que é suplente do próprio Carlos da Costa no Conselho de Administração da Suframa (CAS).

Reunião estratégica

No dia 14 de dezembro, será lançado, em Porto Velho, o Projeto de Desenvolvimento Sustentável Abunã-Madeira, desenvolvido pela Suframa e Sudam. Neste lançamento, o vice-presidente da república, Hamilton Mourão, confirmou a presença. Ele apoia o superintendente Algacir Polsin.

PGE-AM recebe prêmio

A Procuradoria Geral do Estado recebeu, na quinta-feira (9), uma premiação inédita pelo trabalho realizado pela Ouvidoria do órgão, setor responsável pelo Serviço de Informações ao Cidadão (SIC). O prêmio foi concedido pela Controladoria Geral do Estado “pelo empenho e dedicação nos serviços prestados em 2021, para aprimorar e fortalecer a transparência do Governo do Estado do Amazonas”. O jornalista Anwar Assi recebeu a premiação em nome do órgão.

Histórias da Amazonas Energia

A CPI da Amazonas Energia, que está na fase itinerante visitando os bairros da capital, ouviu ontem de uma dona de casa no bairro Jorge Teixeira, que sua conta subiu de R$ 600 para R$ 3 mil, no ano passado. Sem conseguir pagar o valor, a mulher teve a energia cortada e o contador retirado. Mesmo assim recebe até hoje uma conta mensal de R$ 400. Outro caso aponta que a proprietária de um quarto é obrigada a pagar R$ 50 todo mês, pelo imóvel que está desocupado.Os membros da CPI identificaram que os moradores desconhecem seus direitos de consumidores e vão pedir a inclusão das reclamantes na tarifa social.

CPI em Tabatinga

Segundo o presidente da CPI da Amazonas Energia, deputado Sinésio Campos (PT), o município de Tabatinga foi o primeiro a aprovar uma sessão da CPI Itinerante. Só falta marcar a data.

Grito de socorro

Nesta sexta-feira (10), a Frente Amazônica de Mobilização em Defesa dos Direitos Indígenas (FAMDDI) promove ato público em defesa do Povo Yanomami na Praça do Congresso, Centro de Manaus (AM), com a presença de delegações das comunidades indígenas dos Estados de Roraima e do Amazonas. Eles querem chamar atenção sobre as agressões ao povo Yanomami que definem como “genocídio”. Gersem Baniwa, coordenador da Frente, diz que é um “grito de socorro”. Ele afirma que os Yanomami vivem um “quadro caótico” de desnutrição, verminose e malária fora de controle no território.

Violência e morte

Guenter Francisco Loebens, do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) Regional Norte 1, acrescenta que o povo Yanomami está passando por um quadro de terror: invasão garimpeira. Indígenas isolados sendo assassinados, comunidades atacadas, doenças disseminadas na terra indígena, abuso sexuais de mulheres indígenas, trabalho escravo e outros mais.

Isenção fiscal para TICs

O Senado aprovou na noite desta quinta-feira (9), em dois turnos de votação, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 10/2021, que garante benefícios tributários para empresas de tecnologia da informação e comunicação e de semicondutores. Com isso, as empresas do segmento de tecnologia e informação (TICs) situadas fora da Zona Franca de Manaus vão continuar recebendo incentivos fiscais, sem precisar se mudar para o Polo Industrial de Manaus (PIM).

Indústria desprestigiada

Definição do presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Humberto Barbato: “o governo Jair Bolsonaro (PL) não é muito afeto à política industrial”. Barbato comentava a crise de produção de semicondutores no país, em que o governo decidiu fechar a única fábrica deste produto de toda a América Latina, porque não é lucrativa. Mas se manteve otimista por conversas que teve no Ministério da Economia.

SIGA O PORTAL ÚNICO:
https://portalunico.com/

Facebook:
Facebook.com/portalunico.com

Instagram:
portalunico

Twitter:
@portalunico

FALE COM A GENTE

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 99167-0515

CEO: Cláudio Barboza
(92) 99116-1777

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.