Tribunal de Contas faz pente fino nos contratos de coleta de lixo de nove municípios do interior

TCE quer saber se os valores a serem pagos nos contratos correspondem aos serviços prestados

As equipes de inspeção vão fazer o levantamento diretamente nos municípios

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) iniciou nesta segunda-feira (9) inspeções extraordinárias no interior do estado em contratos de coleta de lixo (resíduos sólidos) em nove municípios do interior do estado.
Serão alvo de auditorias os municípios de Barcelos, Benjamin Constant, Humaitá, Iranduba, Itacoatiara, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga e Tefé.
Esta é segunda vez, desde o início da pandemia, que as inspeções serão feitas in loco pelas equipes técnicas da Corte de Contas, que seguem um rígido protocolo sanitário para fiscalizar os órgãos jurisdicionados de forma segura em prevenção à Covid-19.
As inspeções buscam mensurar se a remuneração efetiva dos contratos de prestação de serviços de limpeza pública e coleta de resíduos sólidos urbanos estão sendo realizados de forma correta.
Após cada auditoria, os órgãos técnicos geram relatórios para análise jurídica dos membros da Corte de Contas. dia 8 ao dia 16 de novembro.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *