Tribunal de Contas define relatores para as contas das prefeituras

Cada conselheiro terá 10 lotes de contas para analisar

Confira como ficou a divisão das relatorias

A presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheira Yara Amazônia Lins, realizou a distribuição das relatorias das prefeituras dos municípios do interior do Amazonas para o biênio 2024-2025, nesta quarta-feira (20).

Dez lotes para cada relator

Ao todo, dez lotes foram distribuídos a cada um dos membros do Tribunal Pleno. Cada lote contém uma quantidade de prefeituras do interior.

Contas do Estado e de Manaus

Os órgãos da administração direta e indireta do estado e do município de Manaus são jurisdicionados da Corte de Contas, e terão as prestações de contas analisadas e julgadas pelos membros do Tribunal Pleno.

Confira como ficaram as relatorias do interior:

Conselheiro Josué Cláudio – Tabatinga, Benjamin Constant, Santo Antônio do Içá, Tonantins, Atalaia do Norte e Novo Aripuanã.

Auditor Mário Filho – Tefé, Fonte Boa, Jutaí, Maraã, Alvarães, Uarini e Japurá.

Conselheiro Ari Moutinho Júnior – Iranduba, Codajás, Eirunepé, Carauari, Guajará e Envira.

Conselheiro Júlio Pinheiro – Autazes, Beruri, Boca do Acre, Canutama, Careiro, Manacapuru e Tapauá.

Conselheiro Érico Desterro – Barcelos, Borba, Humaitá, Nova Olinda do Norte, Presidente Figueiredo, Santa Isabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira.

Conselheiro Fabian Barbosa – Barreirinha, Boa Vista do Ramos, Itacoatiara, Maués, Parintins, Rio Preto da Eva.

Conselheiro Mario de Mello – Amaturá, Anamã, Anori, Nhamundá e São Paulo de Olivença.

Auditor Alípio Firmo Filho – Caapiranga, Careiro da Várzea, Lábrea, Manaquiri, Pauini

Auditor Luiz Henrique – Apuí, Itapiranga, Manicoré, Novo Airão, Silves e Urucurituba.

Auditor Alber Furtado – Ipixuna, Itamarati, Juruá, São Sebastião do Uatumã, Urucará.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *