fbpx

Toneladas de peixe resultado de manejo vão chegar ao consumidor de Manaus

Mais de 200 toneladas do maior peixe de escama de água doce do mundo, o Pirarucu da Amazônia, vai ser oferecido ao mercado consumidor por intermédio do projeto de manejo de lagos das áreas indígenas dos municípios de Coari, Tefé, Fonte Boa e Santo Antônio do Iça, na calha do Rio Solimões.

Até o final de dezembro deste ano a pesca de pirarucu em Lagos Manejados deverá movimentar mais de 1 milhão de reais que vão beneficiar mais de 3 mil famílias indígenas de 15 aldeias da etnia Ticuna.

O manejo desta espécie de peixe em lagos além de preservar o pirarucu também protege e livra da ameaça de extinção outras espécies nativas como o tambaqui, a matrinxã e o tucunaré.

A pesca na semana passada nos lagos do Rio Copeá, no município de Coari, rendeu as famílias indígenas 28 toneladas, que foram compradas por um frigorífico de Manacapuru.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.