TCE suspende abertura de Ano Letivo da Escola de Contas com ministro Barroso e Ouvidoria Day

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE) informou na manhã deste sábado (14) que eem função da expectativa de participação de mais de 600 pessoas, entre autoridades, servidores públicos, representantes da sociedade civil e estudantes, a Semana de Abertura do Ano Letivo da Escola de Contas (ECP) - com a palestra magna do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Barroso - e o "Ouvidoria Day" foram cancelados pelo conselheiro-presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Mario de Mello. Os dois eventos aconteceriam a partir desta segunda-feira (16) no TCE.

✔ Tribunal define a situação de quem fez inscrições


✔ Nova data será anunciada para o evento


✔ Cancelamento segue orientações de setores da saúde

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE) informou na manhã deste sábado (14) que e em função da expectativa de participação de mais de 600 pessoas, entre autoridades, servidores públicos, representantes da sociedade civil e estudantes, a Semana de Abertura do Ano Letivo da Escola de Contas (ECP) – com a palestra magna do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Barroso – e o “Ouvidoria Day” foram cancelados pelo conselheiro-presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), Mario de Mello. Os dois eventos aconteceriam a partir desta segunda-feira (16) no TCE.

Segundo divulgou a assessoria de comunicação do TCE, a decisão foi tomada na noite desta sexta (13) entre o presidente, o ouvidor-geral do TCE, conselheiro Érico Desterro, e a coordenadora da ECP, conselheira Yara Lins dos Santos, seguindo às recomendações do Ministério da Saúde, da Fundação de Vigilância Sanitária e de outros Tribunais do país, que orientam a evitar aglomerações de pessoas em ambientes fechados por causa pandemia do Coronavírus, que já chegou ao Estado.

A nova data dos eventos será divulgada pelo TCE em período oportuno.

Situação dos inscritos

O “Ouvidoria Day” – evento que reuniria ouvidores e controladores de todo o Estado no TCE – aconteceria na segunda (16) à tarde. Na ocasião, seria celebrado, em sintonia com os 33 Tribunais de Contas do país, o Dia Nacional do Ouvidor. Até ontem, 15 Tribunais de Contas, entre eles o de São Paulo, Santa Catarina e Alagoas, já haviam cancelados os respectivos “Ouvidoria Day”.

“Não tenho dúvida da grandiosidade dos eventos, mas hoje, pelo avanço do Coronavírus e a confirmação de um caso em Manaus e outros suspeitos, é prudente e responsável não reunir um número tão grande de pessoas em um mesmo lugar. O momento agora é de colaborar no combate”, ressaltou o conselheiro Mario de Mello, ao pedir desculpa a todos que haviam feito a inscrição e se programado para participar dos eventos no TCE.

“Por precaução, seguindo as orientações dos órgãos competentes, decidimos, com anuência do presidente do Tribunal, conselheiro Mario de Mello, por suspender a realização do evento até uma data oportuna”, informou o ouvidor-geral do Tribunal, conselheiro Érico Desterro.

Segundo a conselheira Yara Lins dos Santos, inscrição dos paticipantes, continuam válidas. A ECP deverá entrar em contato com os inscritos, posteriormente, para informar as novas datas, assim que forem definidas.

Desde quinta- feira passada, por determinação da presidência, a Diretoria de Saúde do TCE tem intensificado internamente o trabalho de conscientização e prevenção do Coronavírus, distribuindo folder e orientando servidores, estagiários e colaboradores do Tribunal.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *