Suframa discute regularização fundiária no Distrito Agropecuário

Autarquia faz levantamento da área para facilitar documentação

Regularização favorece financiamentos públicos

O superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, recebeu na manhã desta quinta-feira (15) o coordenador geral do escritório estadual do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Amazonas (MDA/AM), José Ricardo Wendling, e uma comitiva de trabalhadores rurais para debater o processo de regularização fundiária no Distrito Agropecuário da Suframa (DAS), localizado no limite entre Manaus e o município de Rio Preto da Eva.

Georreferenciamento é o primeiro passo

Saraiva disse que para facilitar o processo de regularização fundiária, a Autarquia está conduzindo um levantamento de toda a área do DAS, utilizando ferramentas de georreferenciamento e fiscalizações presenciais periódicas.

“A Suframa está empenhada em encontrar soluções que atendam aos interesses tanto dos agricultores, respeite as normas e legislações específicas, e também torne a área atraente para investimentos de agroindústrias”, explicou.

Acesso a financiamentos

A regularização fundiária é o primeiro passo para que os trabalhadores rurais tenham acesso a financiamentos, programas governamentais e maior estabilidade para investimentos em suas atividades agrícolas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *