fbpx

Site mostra escândalos nos governos Braga e Amazonino

Prefeito David diz por que Omar é o seu candidato ao Senado

Debate na televisão mostrou ataques de 4 candidatos contra 1

Amazonino vai de Jeep na Zona Sul de Manaus

Arthur Neto reforça campanha na reta final

Assessor de deputado foi agredido com uma barra de ferro durante caminhada

Tribunal Eleitoral fala sobre acessibilidade nesta quarta-feira

Aula de dança com professores especializados

Centro de Biotecnologia da Amazônia já tem novo gerenciador

Chefão do Comando Vermelho é sentenciado a 48 anos de prisão

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

Jornais destacam escândalos

Os jornais Diário do Amazonas, Em Tempo e A Crítica relatam casos de corrupção e caos na saúde, nos períodos em que Amazonino e Eduardo Braga foram governadores do Estado. As histórias estão no site “A Verdade Sobre Eles” http://averdadesobreeles.konghost.net/

Casa de Amazonino

Uma das manchetes dos jornais da época anuncia “A casa Fantástica de Amazonino” e outra afirma que o “Estado pagou R$ 17 milhões em obras fantasmas”, no governo de Braga. Outros relatos fazem parte do site, que reúne material numa época em que os jornais impressos davam o tom na mídia.

O voto do prefeito David

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) disse ao ÚNICO que a sua decisão em apoiar Omar para o Senado é motivada pela responsabilidade em relação a milhares de empregos de amazonenses, ameaçados constantemente por ações do governo Bolsonaro contra a Zona Franca. “Omar é importante na defesa dos empregos dos amazonenses”, disse.

Debate na Televisão

Os candidatos Carol Braz (PDT), Eduardo Braga (MDB) e Ricardo Nicolau se uniram contra Wilson Lima no debate de terça-feira (27) à noite na TV Amazonas. Em alguns momentos Israel Tuyuka (PSOL) também participou da ação, enquanto Henrique Oliveira se manteve próximo ao governador. O comando de campanha de Wilson comemorou: “Ele manteve equilíbrio, apresentou propostas e foi ao ataque quando necessário”.

Jipada de Amazonino

O candidato ao governo Amazonino Mendes, vai à Zona Sul de Manaus, na tarde desta quarta-feira (28), de Jeep, em atividade de campanha eleitoral. Nesta manhã a sua agenda está reservada para reuniões com lideranças do interior.

Arthur Neto define estratégia

O candidato Arthur Neto vai dobrar o número de reuniões com lideranças nos últimos dias de campanha em Manaus. Ele avalia que está bem posicionado e com amplas possibilidades de vitória.

Agressão na campanha

O deputado federal Zé Ricardo (PT-AM), candidato à reeleição, afirmou que um militante da campanha dele foi agredido ontem à noite (27), durante uma caminhada no bairro da Redenção. Segundo o petista, o agressor é “bolsonarista” e usou uma barra de ferro para dar uma cacetada na cabeça de Jadir Augusto, de 52 anos, militante da campanha. A vítima precisou ser socorrida e levou pontos na cabeça. O caso foi registrado na polícia, mas o agressor não foi identificado.

Acessibilidade na votação

O desembargador eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral, Luiz Felipe Avelino, fala hoje com a imprensa sobre as iniciativas adotadas para garantir acesso das pessoas deficientes às seções de votação. Ele vai explicar como funcionam os dispositivos de inclusão e outros detalhes, a partir das 10h, no Fórum Eleitoral de Manaus, ao lado do TRE, no Aleixo.

Aulas de dança

Nesta quarta-feira (28) tem aula para quem quer aprender a dançar brega, na Escola “Arte da Dança”, na avenida São Jorge 493. Informações: 991695258 e 99293-9529. Custa apenas R$ 10 reais. Na quinta, a aula será de bolero e sexta, de gafieira. Dançar faz bem!

Nova gerência do CBA

A Fundação Universitas de Estudos Amazônicas (FUEA) foi a vencedora do edital para gerenciamento do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) que, depois de 20 anos de inauguração, ganha uma nova chance. A FUEA será responsável pela gestão estratégica, tática e operacional do CBA e tem como missão “transformar pesquisas em negócios”.,

Condenações

Terminou ontem à noite o julgamento de Gelson Lima Carnaúba, o “Mano G” e Marcos Paulo da Cruz, acusados da morte de 11 detentos e um agente penitenciário, no dia 25 de maio de 2002, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Carnaúba foi condenado por nove homicídios qualificados com a pena de 48 anos de prisão e Marcos Paulo da Cruz foi condenado por oito homicídios qualificados com a pena de 32 anos, ambos em regime fechado. O terceiro réu, Francisco Álvaro Pereira foi absolvido pelo Conselho de Sentença.

SIGA O PORTAL ÚNICO:
https://portalunico.com

Facebook:
Facebook.com/portalunico.com

Instagram:
https://instagram.com/portalunico?utm_medium=copy_link

Twitter:
https://twitter.com/PortalUnico?t=5LAn7TYhr43mFX0LTFQ2wA&s=09

FALE CONOSCO

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 98638-5707

CEO: Claudio Barboza
(92) 99116-1777

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *