fbpx

Sindicato dos Fazendários volta a integrar o Comitê de Combate à Corrupção

Entidade vai reforçar a fiscalização das eleições de 2022 no Amazonas

Fiscais foram fundadores do fórum anticorrupção, em 2016

O Sindicato dos Fazendários do Amazonas (Sifam) voltou a ocupar uma das cadeiras do Comitê Amazonense de Combate à Corrupção (CACC), após três anos de ausência dos fóruns relacionados ao tema. A assinatura de adesão, realizada na sede do Sindicato, aconteceu na noite desta quarta-feira (10).
O presidente do Sifam, Emerson Queirós, explicou que a volta da entidade ao Comitê é resultado da nova gestão assumida por ele. “Historicamente, o nosso sindicato sempre esteve na vanguarda das discussões inerentes aos temas político, econômico e social. Agora vamos recuperar esse tempo de ausência”, declarou.

Fundadores

Presidente do Comitê, o advogado Carlos Santiago revelou que a ideia de fomentar participação ativa da sociedade civil organizada no combate à corrupção eleitoral, à desinformação e ao voto consciente começou em Manaus em 2016, sendo o Sifam uma das entidades fundadoras. “De lá para cá, foram muitas lutas e grandes vitórias”, enfatizou Santiago.
A campanha do voto consciente reúne atores sociais como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AM), Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Conselho Regional de Administração (CRA-AM), de Contabilidade (CRC-AM), de Economia (Corecon-AM), Arquidiocese de Manaus, Sindicato dos Jornalistas do Amazonas, entre outras organizações sociais.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.