Simão Peixoto consegue na Justiça reaver mandato na Prefeitura de Borba

Simão Peixoto consegue na Justiça reaver mandato na Prefeitura de Borba

Decisão do TRF1 saiu nesta quarta-feira

Peixoto estava afastado da prefeitura desde 23 de maio deste ano

Afastado da Prefeitura de Borba desde 23 de maio, Simão Peixoto (PP) deve reassumir a gestão municipal até sexta-feira (8), segundo decisão do Tribunal Regional Federal da 1a Região (TRF1).
A defesa de Simão conseguiu reverter o afastamento, hoje, no julgamento do recurso. Quatro magistrados votaram pelo retorno imediato ao cargo e, três, votaram contra.
O prefeito reassume o cargo assim que a Câmara Municipal de Borba for notificada pelo TRF1 da decisão, previsto para acontecer até sexta-feira.
Com o retorno de Simão à prefeitura, o prefeito interino, José Pedro Freitas Graça (PSD), sai da função e retorna à vice-prefeitura.

Denúncias

Simão Peixoto foi afastado do cargo em maio deste ano, quando foi alvo da Operação Garrote do Ministério Público do Estado (MP-AM), por suspeita de desvio de R$ 29,2 milhões da Prefeitura de Borba em licitações.

Decisão do TRF1 saiu nesta quarta-feira

Peixoto estava afastado da prefeitura desde 23 de maio deste ano

Afastado da Prefeitura de Borba desde 23 de maio, Simão Peixoto (PP) deve reassumir a gestão municipal até sexta-feira (8), segundo decisão do Tribunal Regional Federal da 1a Região (TRF1).
A defesa de Simão conseguiu reverter o afastamento, hoje, no julgamento do recurso. Quatro magistrados votaram pelo retorno imediato ao cargo e, três, votaram contra.
O prefeito reassume o cargo assim que a Câmara Municipal de Borba for notificada pelo TRF1 da decisão, previsto para acontecer até sexta-feira.
Com o retorno de Simão à prefeitura, o prefeito interino, José Pedro Freitas Graça (PSD), sai da função e retorna à vice-prefeitura.

Denúncias

Simão Peixoto foi afastado do cargo em maio deste ano, quando foi alvo da Operação Garrote do Ministério Público do Estado (MP-AM), por suspeita de desvio de R$ 29,2 milhões da Prefeitura de Borba em licitações.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *