Senta que lá vem história…!!!!

Era uma vez um rei que se apaixonou perdidamente por uma princesinha, mas ela não podia se casar com ninguém porque vivia sob um encantamento que a afastava de qualquer pretendente. Desesperado de amor, o rei mandou buscar nos quatros cantos da Terra, uma feiticeira capaz de quebrar a maldição de sua amada.

Tinha numa floresta uma linda bruxa. O rei contou para ela seu problema e pediu ajuda. A bruxa disse que o gatinho de estimação da donzela, era a causa do feitiço. Para quebrar a maldição bastava o rei ter habilidade de pisar no rabo do gato.

O rei pensou e considerou que seria fácil demais pisar no rabo do gato. Decidiu visitar a princesa e achar o bichano. No entanto, o gato era ágil demais. Foram 12 tentativas e nada. Até que num dia de sorte, ele conseguiu pisar no rabo do gato. Este deu um grito tão alto e se transformou num homem musculoso e bonito. O feitiço se quebrou.

O homem deixou a princesa se casar com o rei, mas jogou uma praga. O filho deles nasceria com um defeito no nariz. Ele teria um nariz bem grande e só seria feliz na vida se percebesse isso.

Seis meses se passaram, a princesa ficou gravida e depois viúva. O menino nasceu saudável e bonito e com nariz enorme.

Não querendo que o filho fosse destratado, a rainha então mandou publicar um decreto de que só fosse considerado bonito e normal, a pessoa que tivesse nariz grande. A partir daí todos do reino passaram a elogiar o menino que considerou normal e bonito ter nariz tão grande.

O jovem príncipe cresceu, mas como não reconhecia seu defeito, não era feliz. A rainha preocupada, decidiu que um casamento deixaria o filho feliz.

As jovens do reino passaram a cortejar o príncipe narigudo. Algumas até usavam nariz postiço grande para agradar ao rei, mas este não gostou de nenhuma.

Até que um dia, o príncipe narigudo encontrou uma camponesa que estava em apuros porque fora presa por uma fada ruim, numa caverna. O jovem príncipe se apaixonou à primeira vista, mas não conseguia liberta-la.

Desesperado, ele quis consolar a princesa com o beijo. Infelizmente, o nariz dele era tão grande que não conseguia alcançar os lábios da jovem.

E foi com esta dificuldade, que o príncipe percebeu o seu defeito e admitiu que seu nariz era grande. No exato momento em que ele identificou seu defeito, o feitiço terminou.

A princesa foi liberta e o nariz do jovem príncipe voltou ao seu tamanho normal. Eles se casaram e foram felizes para sempre.

Passo para vocês!!!

O conteúdo deste artigo é de inteira responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do ÚNICO


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *