Senador Omar diz que Polo Industrial de Manaus agora tem segurança jurídica

Ele visitou empresas que estão ampliando investimentos

”O presidente Lula tem sido um grande aliado do Amazonas”, disse Omar

O senador Omar Aziz acompanhou de perto a aplicação na prática dos benefícios fiscais da Zona Franca, ao visitar um complexo industrial responsável por gerar mais de 6 mil empregos diretos no Polo Industrial de Manaus.
Omar atribui esse e outros investimentos em projetos de instalação e expansão das indústrias do polo como um reflexo da segurança jurídica trazida pela aprovação da Reforma Tributária.

Empresas do Grupo Garcia

As instalações visitadas por Omar receberam recentemente investimentos do grupo Garcia, com o complexo industrial passando a comportar as empresas GBR Componentes, Gertec, Tellescom, Hikvision e Digitron, todas atuantes na cadeia do setor de eletrônicos do PIM.
Segundo Omar Aziz, o grupo Garcia é responsável historicamente por gerar muitos empregos no Amazonas.
“Hoje está aqui o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva e o deputado Sidney Leite, que foi muito importante na Câmara dos Deputados para que a gente mantivesse as nossas vantagens comparativas na Reforma Tributária. Muitas pessoas não sabem como foi essa luta e tenho muito a agradecer ao Presidente Lula, que bateu na mesa e disse que na Zona Franca ninguém iria mexer”, afirmou.

Novo cenário para o Amazonas

O senador do Amazonas disse que tem conversado muito com o Bosco Saraiva sobre como a indústria do Amazonas passa por um novo ciclo positivo.
“Muitas indústrias estão vindo para cá pois hoje temos uma garantia constitucional e uma garantia que há muito tempo não tínhamos, que é a segurança jurídica para se instalar no Polo Industrial de Manaus. Quando vejo exemplos de novos investimentos para o Amazonas como este da GBR, isso faz com que todos nós procuremos ajudar a manter esse polo mais competitivo”, completou o senador.

Garcia destaca importância da ação política

Para o empresário Francisco Garcia, a guerra fiscal ainda exige que o Amazonas tenha representantes preparados para defender o Estado de medidas que tirem a competitividade do PIM.
“Precisamos ter um político que brigue por nós, que possa chegar ao presidente da república e aos seus ministros e dizer que nós precisamos ter respeito, que o setor industrial tem que ser respeitado. Por isso fiz questão de convidar o senador Omar, que lidera os senadores e deputados do Amazonas em Brasília, atuando com muita competência principalmente na questão da Reforma Tributária”, afirmou.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *