Senador Omar defende formação de mais profissionais de praticagem

Ele avalia que isto serviria para baratear custo do serviço

Amazônia tem alto custo de navegação

O senador Omar Aziz (PSD-AM) aponta a necessidade de formação de mais profissionais do ramo da praticagem de navios. Argumenta que a falta de concorrência no mercado tem elevado o custo dos serviços, encarecendo por consequência a chegada de itens básicos para a população do Amazonas, que é altamente depende do transporte fluvial.

Alerta no Congresso

O senador abordou o impacto do alto custo dos serviços de praticagem no transporte de cargas, exemplificando a situação com os valores para se trazer navios da foz do Amazonas até Manaus, que chega a ultrapassar US$ 400 mil.
Omar alertou para que o Congresso discuta profundamente o assunto para evitar aprovar medidas não aplicáveis à realidade amazônica e que acabam gerando problemas na ponta para a população.

Palavra do senador Omar

“Do Pará para chegar a Manaus, se cobra US$ 400 mil dólares do navio para fazer a praticagem no rio. Porque você precisa saber ver o calado do navio para navegar na Amazônia. Não é qualquer um que navega. Eu prefiro o caboclo que não sabe ler e escrever me acompanhando numa navegação à noite nos rios da Amazônia do que um cara que foi para universidade que não sabe nem como olhar o rio na escuridão. O caboclo vê pela lua o calado do rio, se ele pode ou não navegar, até porque essa disposição muda de acordo com a seca ou cheia”, explicou.
Senador Omar se reúne com presidente Lula para investimentos no Amazonas e debate sobre a reforma tributária


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *