Secretário Serafim dá aula sobre a BR-319

Ele apresenta argumentos em favor da recuperação da rodovia

Também foram apresentadas sugestões para a recuperação

Alessandra Luppo
Da redação do ÚNICO

O Secretário de Tecnologia e Desenvolvimento do Amazonas, Serafim Corrêa, usou suas redes sociais nesta segunda-feira para argumentar em favor da reconstrução da BR-319, rodovia que liga Manaus a Porto Velho (RO), esclarecendo ponto por ponto sobre informações que são divulgadas tanto pelos favoráveis quanto pelos contrários à revitalização da rodovia.
“Não se trata de construir uma nova estrada, mas de recuperar a que já existe, dando a ela condições de tráfego”, disse ele.

Argumentos a favor

Serafim apontou que:

  • Não-asfaltamento – Favoreceu o surgimento de vicinais com quilometragem mais de 6 vezes maior que a própria estrada. Entre 2016 e 2022 foram abertos pelo menos 2 mil quilômetros de vicinais. “Ou seja, não asfaltar favoreceu o desmatamento em vez de evitar. Então é melhor asfaltar para favorecer o controle tecnológico e presencial”, apontou;
  • Logística do Distrito Industrial da Zona Franca de Manaus – Isso é engano. O frete rodoviário é muito mais caro que o marítimo e fluvial;
  • Integração econômico-social de Roraima, Amazonas, Acre, Rondônia e Mato Grosso é positivo em todas as direções;
    *Nos 8 municípios cortados pela estrada, Manicoré, Apuí, Lábrea, Humaitá, Careiro, Careiro da várzea e Manaquiri e Autazes vivem quase 350 mil brasileiros “condenados ao isolamento, à poeira e à lama”;

Sugestões

O secretário apontou sugestões sobre quais cuidados e medidas devem ser tomados:

  • Tem que ser uma estrada parque
  • Tem que haver vigilância permanente
  • Batalhões ambientais
  • Controle por satélites e drones
  • Passagens aéreas e subterrâneas
  • Balanças para o controle do peso.
    Veja o vídeo completo de Serafim Corrêa neste link https://www.instagram.com/p/C0cJwNlryj0/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *