fbpx
16 de outubro de 2021
Se alguém te chamar de verme, não se zangue, porque é verdade!

Coluna:

Por: Maria Ritah

Maria Ritah é atleta ultramaratonista, apresentadora e produtora do programa Conexão Gaia, da radio Logos FM 87.9. Contato comercial 92-991021957

Se alguém te chamar de verme, não se zangue, porque é verdade!

maria ritah

Por Maria Ritah

A bióloga Alanna Collen, escreveu um livro intitulado “10% Humanos”. Eu li este livro em 2018 e me lembro dele toda vez que escuto alguém chamar outro ser humano de “verme”, como uma forma de diminuir ou denegrir a pessoa. Muita gente pode não aceitar, mas todos nós somos mais verme que humanos… (não se ofenda rs*) mas, você não é a flor que nasceu no campo sem ser semeado. Você precisou de microorganismos, bactérias e vermes, certeza!

É surpreendente a forma como os livros tem o poder de mudar as nossas percepções sobre a vida. O livro “10% Humanos” me fez olhar o mundo desses bichinhos “nojentos” com mais amor. Hoje eles são tão importantes na minha vida que procuro cuidar bem do meu microbioma intestinal. Por isso ando e corro descalça.

Se biologicamente eu e você, somos apenas 10% humanos, e os outros 90% somos o que? A bióloga e jornalista cientifica responde: micróbios, bactérias, vermes…etc.

Cada um de nós (isso inclui os animais irracionais) é um superorganismo, uma coletividade de espécies vivendo lado a lado, em cooperação, para controlar o corpo que nos sustenta.

E quando não há cooperação, o que ocorre? Briga, luta, vírus, doenças…um caos! Quanto mais células compõe o organismo, mais micróbios podem viver neles. Evoluímos lado a lado com bactérias e fungos desde bem antes sermos humanos. Isso é fato!

Nós não somos perfeitos, mas ser BOM é uma escolha. Ser TOLERANTE, é uma escolha. Ser FELIZ é uma escolha. Ser GRATO também é uma escolha. A gente precisa se colocar todo dia num lugar de igualdade e não num lugar que nos difere do outro. Afinal de conta, somos todos iguais.

Nos dias em que vivemos, sem muita utopia, precisamos sorrir mais, reclamar menos e olhar para nossa trajetória pessoal sem o papel de vítima comum de colocar a culpa nos outros pelo deu errado. Tudo tem seu tempo e seu espaço.

Para esta semana, que tenhamos um coração aberto e uma mente limpa.

Passo para vocês!

Maria Ritah, é atleta ultramaratonista, apresentadora e produtora do programa Conexão Gaia, da rádio Logos FM 87.9

Qual sua Opinião?

Confira Também