fbpx

Romero diz que prefeitura não tem dinheiro para bancar auxílios prometidos

O candidato a prefeito de Manaus pelo Partido Novo, Romero Reis, afirmou que a Prefeitura de Manaus não tem espaço no orçamento para conceder auxílios-emergenciais na forma de dinheiro vivo. “Quando você dá uma bolsa dessas, você está tirando dinheiro de uma área fundamental. É papel da prefeitura cuidar do atendimento na área primária, colocar postos de saúde para funcionar e abrir escolas, por exemplo”, opina Romero.
Para o candidato, a solução para apoiar as famílias atingidas pela pandemia ou em situação de risco é investir em geração de emprego e renda para que as pessoas não dependam diretamente de auxílios permanentes oferecidos pela Prefeitura.
Sua única proposta de auxílio, disse Romero, é o “vale-creche”, por meio do qual as famílias escolhem uma creche particular para deixar seus filhos enquanto pais e mães trabalham e geram renda. A prefeitura pagaria a creche por meio de convênios.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.