WhatsApp Image 2022-08-30 at 08.29.13
O povo que se arrume.

Por: João Melo Farias

João Melo Farias Poeta e indigenista.

Ritual da Tucandeira

Tucandeira

A comunidade urbana indígena denominada Parque das Tribos, localizada no Bairro Tarumã, nesta cidade de Manaus, durante os dias 28 e 29 de abril, dará início as 14:00 horas, a uma festividade para comemorar a Semana dos Povos Indígenas/23.

Para isto convidou os povos indígenas residentes em Manaus e entorno para a festa Ritual da Tucandeira na maloca cerimonial existente na bairro como forma de afirmar a identidade indígena da comunidade e da cidade de Manaus.

De acordo com Ismael Munduruku, Tuxaua da comunidade, “Manaus é uma cidade que precisa assumir a sua cara indígena. É a metrópole com maior número de indivíduos e de povos indígenas residentes na cidade, oriundos o interior e de outros estados da União, contudo, movidos pelos fenômenos da negação da indentidade, pelas baixas condições sociais, econômicas e de escolaridade; e até por vergonha de se dizer indígena ante a discriminação ainda recorrente hoje não se assumem como cidadãos indígenas; daí a subnotificação da auto identidade. Em Manaus residam mais de 300 mil indivíduos, contudo, somente se declararam para o IBGE/23, 180.000 indígenas, aproximadamente”.

A programação consiste na feitura dos festa ritual Dança da Tucandeira, do povo Sateré-Mawé, rito de passsgem do menino para a fase adulta. É um ritual dolorido, contudo, muito desejado pelos indígenas Mawê, que secundado pelos anciãos da tribo: só é Sateré verdadeiro, quem passa pela tucandeira. Assim, como o Parque das Tribos é um caleidoscópio de povos indígenas o ritual é aberto a todos os jovens das outros povos indígenas. Asim, os filhos do Ismael Munduruku, passarão pelo ritual, mesmo não sendo Sateré, O ritual é aberto até para os não indígenas que queiram experimentar a dor para herdar os dons da tucandeira.

A força cultural do evento ganha visibilidade pelo fato de ser o primeiro ritual “de verdade” a ser celebrado abertamente aos vários povos indígenas e à sociedade não indígena. Por segundo, pelo arranjo cultural do empréstimo de um traço cultural de um povo pelo outro, seja na cantoria, no grafismo e agora nós rituais, haja a vista que vários jovens de outros povos estão se submetendo ao Ritual da Tucandeira, que, sabidamente é da primazia ancestral do povo Sateré-Mawé.


Qual sua Opinião?

Confira Também