Rio Negro sobe 17 centímetros em 3 dias

Cota marca nesta segunda-feira 12,87m

Geóloga explica que ainda não é a recuperação

Alessandra Luppo
Da redação do ÚNICO

Depois que parou de descer no último dia 27, quando se estabilizou em 12,70m – a menor marca já registrada em 121 anos – a cota do rio Negro indicou subida de 17 centímetros nos últimos três dias, batendo 12,87m nesta segunda-feira (30).


É um pequeno reflexo das chuvas nas cabeceiras do alto Solimões e alto rio Negro que começaram há duas semanas, mas ainda não e o fim da vazante, como explicou ao ÚNICO a geóloga Jussara Cury, do Serviço Geológico do Brasil (SGB). Ela disse que a fase atual é de “estabilidade dos níveis que estão muito baixos”. Além disso, Jussara Cury apontou que, para garantir o fim da vazante e início da cheia é preciso que as chuvas nas cabeceiras continuem fortes e os níveis dos rios permaneçam subindo. Ao fim, a cheia só chegará com “o retorno do período de chuvas na bacia como todo”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *