Recuperação das ruas do Distrito Industrial chega a 60% das vias e rotatórias

Prefeito Arthur Neto fez uma vistoria nas obras, acompanhado do superintendente da Suframa Algacir Polsin

Ao visitar o canteiro de obras dos três lotes de recuperação das vias do Distrito Industrial, o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), disse que 60% do cronograma já foi cumprido. As obras do Distrito Industrial foram retomadas em outubro, após serem solucionados entraves burocráticos. O projeto contempla a recuperação de 35 vias e a reconstrução das rotatórias da Suframa e da Samsung. Os recursos são da ordem de R$ 156 milhões, sendo R$ 136 milhões via Suframa e R$ 20 milhões de contrapartida da Prefeitura de Manaus.
Segundo o prefeito, a recuperação avança em nove frentes simultâneas com serviços de recapeamento, drenagem profunda, meio-fio, sarjeta e calçada e ainda contam com intervenções da Comissão Especial de Urbanismo e Paisagismo, presidida pela primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.
Acompanhado do superintendente da Suframa, Algacir Polsin, o prefeito vistoriou os trabalhos na rua Açaí, na avenida Solimões, onde está sendo realizada drenagem profunda e construção de meio-fio, sarjeta e calçada, e ainda na rua Ministro João Gonçalves, que recebe trabalhos de remendo profundo, com a retirada do asfalto antigo, para aplicação de Brita Granulada Simples. Ao todo, a via foi recuperada em dez mil metros e está em fase de conclusão com os últimos 50% de extensão.
“O Distrito já está com outra cara, muito por conta do paisagismo que estamos realizando. Só na avenida Solimões, os trabalhos já somam quase oito mil metros de via recuperada com a reciclagem do asfalto antigo, sendo substituído por um mais novo e duradouro, pensado para o trânsito pesado do Distrito”, comentou o prefeito.
O trabalho segue o exemplo do que já foi feito nas rotatórias da Suframa e do Armando Mendes, com estrutura para suportar o fluxo de carros de passeio e transportes pesados, como caminhões e carretas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *