Quatro cidades do Amazonas estão entre as prioritárias do Pronasci 2

Programa de segurança do Ministério da Justiça escolheu 163 municípios do país

Os municípios são Iranduba, Manacapuru, Manaus e Tabatinga

Valéria Costa
Correspondente

Brasília (ÚNICO) – Iranduba, Manacapuru, Manaus e Tabatinga estão entre as 163 cidades do país que mais concentram mortes violentas intencionais e que entraram no radar do Ministério da Justiça e Segurança Pública.


Esses municípios se tornaram prioridade no combate à violência dentro do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci 2), lançado em março deste ano pelo ministro Flávio Dino e que, entre todos os tipos de crime reportam 50% dessas mortes violentas intencionais. A lista com os nomes dos municípios foi divulgada nesta quarta-feira (19).

Mortes violentas

Entre as mortes violentas intencionais estão homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte, feminicídio, mortes decorrentes de intervenção policial e vitimização policial. Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em 2021, o país somou 47.503 vítimas de mortes violentas intencionais.

Sem previsão

O Pronasci já foi lançado em vários Estados brasileiros com a presença de Dino. O ÚNICO questionou o Ministério da Justiça sobre a chegada do programa no Amazonas. Segundo a assessoria de imprensa da pasta, ainda não há previsão de lançamento oficial no Estado.

O Pronasci

Além de fazer investimentos para a aquisição e entrega de viaturas policiais aos Estados, o Pronasci 2 entrega equipamentos, drones, munições e atua ainda em eixos de políticas públicas para o combate à violência contra as mulheres, em parceria com o Ministério das Mulheres, com ações para a Casa da Mulher Brasileira e o reforço da Patrulha Maria da Penha e, também o combate ao racismo estrutural. Entre as mais de 47 mil vítimas mortas de forma intencional em 2021, 77,9% foram de pessoas negras.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *