Projeto de Lei coloca Festival de Parintins como manifestação da cultura nacional

Comissão do Senado aprovou o reconhecimento

Proposta foi aprovada por unanimidade

Brasília (ÚNICO) – A Comissão de Educação e Cultura do Senado (CE) aprovou, o Projeto de Lei que reconhece o Festival Folclórico de Parintins e os bois Garantido e Caprichoso como manifestações da cultura nacional.

A proposta foi aprovada de forma unânime, com 15 votos a favor e nenhum contra. Também não houve abstenções.

De volta para a Câmara

Apesar de ter sido aprovado de forma terminativa na Comissão, ou seja, não precisará ser votado no plenário do Senado, o Projeto de Lei vai ter que voltar a ser votado na Câmara dos Deputados, onde foi originado.

Isso porque o relator no Senado, o senador Plínio Valério (PSDB-AM), alterou alguns dispositivos do texto original.

”Um espetáculo”

O senador apresentou emenda para que o poder público destine recursos ao evento, além de apenas garantir sua livre atividade, e afirmou que o festival, reconhecido em 2018 como patrimônio cultural imaterial pelo Iphan, é um “espetáculo”.

“Quem não foi, precisa ir. É algo que não dá para definir. O espetáculo é impressionante. O Festival Folclórico de Parintins, há muito tempo, clamava por esse reconhecimento”, afirmou Valério.

Outras manifestações reconhecidas

Caso a lei entre em vigor, o Festival de Parintins se juntará a um conjunto de práticas e eventos reconhecidos como manifestações da cultura nacional. Confira a lista abaixo:

  • Caminhada com Maria, em Fortaleza (CE)
  • Carnaval de Aracati (CE)
  • Carnaval de Nova Russas (CE)
  • Escolas de samba
  • Feira de São Cristóvão (RJ)
  • Festas juninas
  • Freio de Ouro (torneio de montaria), em Esteio (RS)
  • Gospel (gênero musical)
  • Marcha de resistência do cavalo crioulo
  • “Pau de arara” em romarias religiosas
  • Rodeio e vaquejada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *