Presidente Figueiredo cria programa de redução de recursos naturais no serviço público

“Quem Ama Cuida” prevê a conscientização de servidores

Iniciativa prevê a economia de energia, água e descartáveis

A Prefeitura de Presidente Figueiredo implantou o programa “Quem Ama, Cuida”, de educação ambiental, voltado à conscientização de servidores da administração municipal e estudantes de escolas públicas, sobre a necessidade da redução do consumo de recursos naturais, como água e energia, e descarte correto de resíduos sólidos. O programa tem a parceria da Mineração Taboca.


“Esse é um passo muito importante. É uma semente que estamos semeando hoje para colher, no futuro, os resultados. Presidente Figueiredo é um município rico em belezas naturais, então, é muito importante que a população e o visitante tenham consciência de que é necessário cuidar do nosso meio ambiente para continuarmos usufruindo disso”, destacou a prefeita Patrícia Lopes.

União de secretarias

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Luizinho Schwade, o programa é um guarda-chuva que vai abrigar as ações que já estão sendo feitas em outras secretarias municipais: “Nos órgãos públicos, vamos implementar ações simples, para que sejam mais sustentáveis, como reduzir o consumo de copos descartáveis, seja para beber água ou o cafezinho; além de outros materiais que impactam negativamente o meio ambiente; além de comportamentos no ambiente de trabalho, como desligar a energia e o ar condicionado, ao deixar o local de trabalho; otimizar alguns procedimentos internos, tramitação de documentos e a comunicação interna, etc”.

Educacional

“Nas escolas, vamos realizar palestras, oficinas para orientar sobre a destinação correta de resíduos sólidos, construir hortas, biodecompositores ´para aproveitamento de resíduos orgânicos, entre outras coisas”, explica o titular da Semmas. Luizinho Schwade acrescenta ainda que o programa tem aplicação contínua, com índices de avaliação que serão realizados ao longo de toda a gestão.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *