Prefeitura monitora centro histórico por aplicativo

Mapeamento inclui prédios, ruas e armazéns

Manaus tem mais de 1.600 unidades de interesse histórico

Um total de 110 unidades, incluindo seis ruas e uma avenida, já foi mapeado com o uso do aplicativo ArcGIS Field Maps, com dados levantados por equipes da Prefeitura de Manaus, do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), no mês de abril.

Esse monitoramento tem a finalidade de saber como os imóveis são usados, se estão degradados ou não, se está abandonado ou ainda continua com o mesmo uso.

Ruas centrais

Com o app, a prefeitura eliminou as fichas de cadastro feitas em papel, usadas até então para realizar o mapeamento e monitoramento de imóveis históricos e de preservação no Centro, zona Sul. Os trabalhos se concentram nas ruas Marechal Deodoro, Guilherme Moreira, Marcílio Dias, Doutor Moreira, Theodoreto Souto e Quintino Bocaiuva, além da avenida Eduardo Ribeiro.

Atualização de decreto

Os serviços realizados são para atualizar o Decreto Municipal 7.176/2004, com trabalhos de vistoria técnica e monitoramento de unidades históricas do centro da capital, incluindo 1.656 imóveis e terrenos, dez praças e 11 armazéns de porto. As ações são realizadas todas as terças e quintas-feiras, no período da tarde, e um domingo por mês.

Monitoramento

“A população pode ajudar dando informações especialmente sobre imóveis no centro antigo que estão abandonados ou em degradação, ou sendo alvo de vandalismo e depredação, ligando para o 3625-6577, do GPH”, explicou a gerente de Patrimônio do Implurb, Landa Bernardo.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *