Prefeitura interdita obra que poluiu igarapé da Água Branca (ver vídeo)

Instalação de empresa derrubou vegetação e assoreou o canal

Empresa precisa cumprir os critérios do licenciamento ambiental

Alessandra Luppo
Da redação do ÚNICO

A Prefeitura de Manaus divulgou hoje que interditou uma obra e aplicou multa a uma empresa responsável por um empreendimento comercial de dois pavimentos, localizado na avenida do Turismo, no bairro Tarumã (Zona Oeste), que foi denunciada por provocar desmatamento e assoreamento do Igarapé da Água Branca.

Essa obra foi denunciada pelo jornalista Joh Farah, que mantém páginas nas redes sociais defendendo a preservação do último igarapé ainda limpo em área urbana de Manaus, o Igarapé da Água Branca.

O jornalista mostrou que o canal estava praticamente sem água depois que o barro da construção desceu para o leito do igarapé, com a retirada das árvores que mantinham a terra no lugar.

Segundo a prefeitura, a obra ficará interditada até a solução e atendimento dos critérios que já estavam presentes na licença ambiental concedida pela Semmasclima, mas que não estavam sendo cumpridos pela empresa.

Veja o vídeo de denúncia:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *