Prefeitura abre seletivo para pedreiros e serventes da Seminf

São 320 vagas abertas para serviços temporários

Inscrições estão sendo realizadas somente pela internet

A Prefeitura de Manaus está com inscrições abertas para o Processo Seletivo Simplificado (PSS) para contratação de 320 servidores temporários e mais cadastro reserva a serviço da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

Conforme edital publicado no último dia 27/5, no Diário Oficial do Município (DOM), as vagas são para os cargos de pedreiro e servente de pedreiro, com remuneração de R$ 1.927,51 e R$ 1.412, respectivamente, além de vale-transporte e auxílio-alimentação.

Inscrições

As inscrições estão sendo realizadas apenas pela internet, no site da Seminf (seminf.manaus.am.gov.br). O candidato deve preencher um formulário on-line que estará disponível até 23h59 do dia 6 de junho.

No edital, a pasta recomenda que o candidato possua um cadastro no Gmail, do Google, para acessar o formulário de inscrição. Cada candidato só poderá se inscrever em uma única opção. Em casos de mais de uma inscrição do mesmo candidato, a mais recente será validada. A inscrição é gratuita.

As vagas

Das 320 vagas disponíveis, 80 são destinadas às Pessoas com Deficiência (PcDs). O edital prevê, ainda, a disposição de 150 vagas para o cadastro reserva.

A classificação será mediante a análise curricular e com prazo de contrato determinado por 12 meses, podendo ser prorrogado por igual e sucessivo período. O resultado oficial do processo seletivo será publicado no DOM.

Funções

O processo prevê, em ampla concorrência, a contratação de 80 pedreiros, com carga de 8 horas diárias de trabalho, sendo 40 horas semanais. A remuneração para o cargo é de R$ 1.927,51, além de auxílio-transporte e auxílio-alimentação. Para essa vaga, é exigida a experiência acima de um ano na função e ter ensino fundamental completo.

Para serventes da Seminf, são oferecidas 240 vagas, com jornada de trabalho de 8 horas diárias, em um total de 40 horas semanais. O salário é de R$ 1.412, mais auxílio-transporte e auxílio-alimentação. Os candidatos devem ter experiência acima de 12 meses para o cargo pretendido e ensino fundamental incompleto.

A seleção dos participantes ocorrerá por meio de análise curricular, tendo como critérios de pontuação: a escolaridade, os cursos de qualificação e o tempo de experiência.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *