Prefeito David abre inscrições para lotes em bairro planejado

Loteamento terá mais de 3.500 unidades

Novo bairro terá água, luz, esgoto e equipamentos públicos

O prefeito de Manaus, David Almeida, e o titular da Secretaria Municipal de Habitação e Assuntos Fundiário (Semhaf), Jesus Alves, anunciaram, nesta sexta-feira (7), a abertura das inscrições para as famílias interessadas em obter um lote no novo bairro planejado da capital – “Nova Manaus”.

Serão mais de 3.500 lotes concedidos, conforme divulgado durante coletiva de imprensa realizada na sede do órgão, no bairro São Geraldo, zona Centro-Sul, quando foram apresentados os avanços da pasta desde sua criação, há um ano.

“Aprovamos na Câmara Municipal de Manaus (CMM) o projeto para a criação do primeiro bairro planejado da cidade, após 50 anos. Será atrás do Viver Melhor (antigo Monte Horebe). Serão cerca de 3.500 lotes de terra urbanizados, já com os equipamentos públicos, com água, energia, rede de esgoto”, declarou o prefeito.

Inscrição

Os interessados em obter um lote no bairro devem realizar a inscrição no site do Sistema Municipal de Habitação (Simhab), https://simhab.manaus.am.gov.br/, clicando na aba “Manaus Minha Terra”.

Verticalização da cidade

O chefe do Executivo municipal também informou que tem meta de atuar na verticalização da cidade, para impedir que a cidade continue expandindo seus horizontes de maneira descontrolada.

Outra ação prevista para conter invasões, é o emprego da Guarda Municipal para atuar na fiscalização e coibir surgimento de áreas habitacionais sem controle do poder público.

Para alcançar esse objetivo foi criado o sistema Simhab, que hoje conta 110 mil pessoas inscritas para serem selecionadas pelos programas habitacionais do município.

Manaus Minha Terra

O programa “Manaus Minha Terra”, relacionado ao novo bairro planejado da capital, vai conceder mais de 3,5 mil lotes para famílias realizarem as edificações de suas residências, seguindo uma planta pré-definida. Após a conclusão da moradia, a família se tornará proprietária do lote concedido. A edificação deve ser iniciada no prazo de seis meses.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *