fbpx

Preço da gasolina já aumentou 11 vezes este ano

Dólar alto e impostos são apontados como os grandes vilões do reajuste

O próximo aumento entra em vigor nesta terça-feira (26)

Segundo levantamento realizado pelo site Metropoles, o reajuste do preço da gasolina que entra em vigor nesta terça-feira (26), já é o 11º do ano e o do diesel será o 9º, no mesmo período. Economistas ouvidos pelo portal apontam que um dos motivos para o aumento de preço é a disparada da moeda americana, que encarece o preço do combustível e pode ser considerado o principal vilão para o bolso do consumidor, uma vez que o Brasil importa petróleo e paga em dólar o valor do barril.
“O dólar é o grande vilão da alta do preço da gasolina. Mesmo com o preço do petróleo internacional tendo caído recentemente, a alta da moeda americana faz com que a Petrobras não consiga repor os preços”, afirmou o economista-chefe da Infinity, Jason Vieira, ao Metropoles.

Impostos também contribuem

Há quatro tributos (impostos) que incidem sobre os combustíveis vendidos nos postos: três federais (Cide, PIS/Pasep e Cofins) e um estadual (ICMS). No caso da gasolina, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço nos postos é calculado da seguinte forma:

27,9% – tributo estadual (ICMS)
11,6% – impostos federais (Cide, PIS/Pasep e Cofins)
32,9% – lucro da Petrobras (indiretamente, do governo federal, além dos acionistas)
15,9% – custo do etanol presente na mistura
11,7% – distribuição e revenda do combustível

Acima de 7 reais

Diante da disparada da inflação, o preço da gasolina comum no país já supera R$ 7 em oito estados. Além de Acre, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, que já tinham histórico de registro das maiores cotações, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e Piauí também se uniram na lista de estados.
Os dados são da pesquisa semanal de preços realizada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) entre os dias 17 e 23 de outubro. Ao todo, foram pesquisados 4.614 postos em todo o Brasil.

O Rio Grande do Sul tem a gasolina mais cara do país: R$ 7,46 o litro, vendida no município de Bagé.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.