Populares insistem em se arriscar na praia interditada

Banho na Ponta Negra foi proibido em outubro por conta da seca

Crianças também são colocadas em risco

A comissão que administra do Complexo da Ponta Negra revelou que diariamente é obrigada a retirar pessoas das águas do rio Negro, que insistem em descumprir a interdição, decretada em outubro passado. A proibição de banho tem validade até janeiro.

Avisos

“A praia está sinalizada com placas e cercas, mas, infelizmente, há pessoas que insistem em não atender e se colocar em risco, inclusive com crianças. Pedimos, novamente, o apoio da população para respeitar a interdição até que a cheia do rio se normalize”, explicou o coordenador da comissão, Alberto Maciel.

O risco de banhos nessa situação de seca extrema é que podem existir buracos e desníveis no leito natural do rio, levando ao afogamento.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *