Policiais de Manaus presos em Manacapuru

Eles são acusados de sequestro e extorsão

A Secretaria de Segurança confirmou a prisão de 11 pessoas

A Polícia Civil de Manacapuru recebeu denúncias sobre um grupo de homens que estaria cometendo sequestros-relâmpago e extorsão no município e, na investigação, descobriu tratar-se de um grupo comandado por um delegado de Manaus e composto por três investigadores, cinco policiais militares e dois civis. Todos os 11 suspeitos foram presos.

Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou que o grupo já estava sendo investigado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM) e pela Promotoria de Justiça de Manacapuru.

No boletim de ocorrência, a Polícia Militar de Manacapuru informou que o grupo foi detido no bairro Correnteza. A equipe havia se deslocado ao local após denúncia de que pessoas encapuzadas em um carro estariam fazendo um sequestro.

Delegado de Manaus

Um dos presos é o delegado Ericson de Souza Tavares, titular do 6° Distrito Integrado de Polícia de Manaus (Cidade Nova) que chegou a gravar um áudio em um aplicativo de conversa, negando as acusações.

Segundo ele, a equipe estaria em Manacapuru para atender uma ocorrência, mas os policiais do município não sabiam “e a abordagem não passou de uma confusão”.

Porém, a SSP confirmou as prisões e marcou entrevista coletiva para esta segunda-feira (25) para revelar mais detalhes sobre o caso.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *