fbpx

Polícia Federal suspende suas redes sociais em cumprimento ao período eleitoral

O chamado “defeso eleitoral” só termina no dia 2 de outubro

Órgãos públicos e apresentadores devem suspender suas atividades

A Polícia Federal do Amazonas informou nesta sexta-feira (1) que em cumprimento à legislação eleitoral todas as contas das redes sociais da PFAM serão desativadas, nesta noite. A partir deste sábado (2) começa o chamado “defeso eleitoral” quando todas redes sociais e sites de órgãos públicos, passam a funcionar apenas com os serviços oferecidos e apresentadores de rádio e TV que são candidatos devem deixar a apresentação.
Segundo a PF, as notas e comunicação à imprensa de notícias referentes a operações e flagrantes, serão repassadas ao setor de Comunicação Social que “tomará as medidas necessárias e posteriormente a emissão de material apto para divulgação via link de acesso aos comunicadores cadastrados no mailing da SR/PF/AM”. As entrevistas coletivas também estão suspensas.
O período de suspensão vai até dia 2 de outubro e, se houver segundo turno, pode ser estendido até dia 30 de outubro.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.