PM procura ‘amostradinhos’ que fumaram maconha em frente à delegacia

Dois jovens fizeram vídeo da proeza e postaram nas redes sociais

Os rapazes se auto-intitulam “influenciadores”

Alessandra Luppo
Da redação do ÚNICO

O sargento da Rocam Loiola e o sargento Salazar foram dois dos vários policiais militares – incluindo um vereador – que postaram em suas redes sociais nesta quarta-feira (3) recados a dois rapazes que gravaram um vídeo fumando maconha em frente a uma delegacia de Manaus.

O recado básico é sobre o fato de que não está liberado o uso de maconha em nenhum lugar do país. Se eles forem pegos com os cigarros de entorpecente, terão a droga apreendida e ainda podem ser processados. Se for com mais de 40 gramas, vão se encaixar no tráfico de drogas.

Os rapazes confundiram descriminalização (quando o uso deixa de ser crime e passa a ser infração administrativa, gerando penalidades diferentes da cadeia) com a legalização (que autorizaria o uso aberto do entorpecente).

Veja o vídeo comemorativo dos dois:


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *