PL afasta assassino de Chico Mendes de diretório no Pará

Darci Alves iria comandar o partido em Medicilândia

Ele é pré-candidato a vereador

Brasília (ÚNICO) – Depois de cumprir parte de sua pena por ser o mandante do assassinato do sindicalista Chico Mendes, na década de 1990, o réu confesso do crime, Darci Alves Pereira mudou-se para Medicilândia, no interior do Pará, a 900 km de Belém.

Nesta semana, a imprensa de todo o país divulgou que ele assumiu a presidência do diretório municipal do PL na cidade paraense e sua pretensão de se candidatar a vereador, causando reação imediata do comando nacional.

”Não sabia”

Nesta quarta-feira (28), o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, afirmou que Darci foi destituído do cargo e, em nota, disse que “não sabia” que Darci era o assassino confesso do ambientalista. “Agradeço à imprensa por trazer ao nosso conhecimento esse importante fato”, declarou.

Vida nova

Convertido à igreja evangélica há alguns anos, Darci Alves atualmente se apresenta como “Pastor Daniel” e atua na Assembleia de Deus da Última Hora.

Assim como fazia sua família no Acre antes do crime, Darci mantém em Medicilândia uma fazenda produtora de cacau e gado.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *