PF do Amazonas vai identificar filhos de hansenianos separados dos pais

Projeto visa resgatar laços rompidos na época do isolamento

As coletas de DNA podem ser feitas a qualquer tempo

Solange Elias
Da redação do ÚNICO

A Polícia Federal do Amazonas deu início ao projeto intitulado “Processo de Coleta e Identificação via DNA”, com objetivo de identificar filhos de pais hansenianos que foram separados da família, na época em que havia uma política nacional de isolamento e internação para os portadores de hanseníase.

Manaus e a Colônia

Em Manaus, o bairro Colônia Antônio Aleixo,começou como um desses hospitais-colônias, que abrigava os hansenianos e, posteriormente, as famílias também começaram a migrar para o local. Até 1986, a política de separação de pais e filhos era vista como “normal”.

Identificação e resgate

Segundo a Polícia Federal informou, o projeto pretende resgatar os laços familiares entre pais e filhos e, ainda, promover a preservação da memória familiar.

Como fazer o exame de DNA

O exame de coleta de DNA, feito no setor técnico científico na sede da Polícia Federal no Amazonas, será de caráter contínuo, sem data para encerramento.

Pensão para os filhos

No final do mês de novembro a Câmara dos Deputados sancionou a lei que assegura pensão aos filhos de portadores de hanseníase que foram separados dos pais, até 1986. Os exames de DNA têm o objetivo de comprovar essa paternidade.

Com informações da PF/AM e Câmara dos Deputados


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *