fbpx

PDT tem novo comandante no Amazonas

Partido criado por Brizola quer estar entre os grandes na Região Norte

Nova administradora do Eduardo Gomes deixa aeroporto no clima tropical sem ventilação

A ousadia sem limites dos fora da lei e as informações privilegiadas

Manaus registra os primeiros dois casos de “flurona” do Estado

Trânsito vai ficar difícil na avenida Brasil hoje e amanhã

Tribunal de Contas mira na ex-prefeita de Coari

Autoridades sanitárias organizam a vacinação de crianças no Estado

Promotores de eventos insistem em bandas de rua em Manaus

Procuradoria do Estado abre vagas para estagiários de TI

Fake news levam Instituto Sidia a publicar desmentido

Confusão tributária do governo Bolsonaro gera preocupação em empresa da ZFM

Paralisação na Receita Federal pode provocar desabastecimento

Por Cláudio Barboza e Solange Elias, com as editoras do Único

Nova direção no PDT

O empresário Flávio Pércio Zacher é o novo comandante do PDT no Amazonas. Ele vai exercer a presidência na comissão provisória do partido. Zacher foi enviado pelo próprio presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que tenta reorganizar a sigla na Região Norte, principalmente no Amazonas e Roraima, onde os movimentos do partido não tiveram bom andamento nas últimas eleições. Flávio Pércio é do Rio Grande do Sul e é ligado diretamente a Carlos Lupi.

Missão é colocar PDT em outro patamar

A missão de Flávio Pércio é colocar o PDT de forma efetiva na linha de frente nas eleições de 2022 no Amazonas. Ele conversou reservadamente com a defensora pública Carol Braz, que deve ser candidata ao governo pelo partido, e esteve com o ex-deputado Luiz Castro, que patina entre disputar vaga para o Senado ou tentar se eleger deputado. Flávio também esteve com o ex-deputado Hissa Abraão, que deixou o PDT há alguns dias e estava na presidência estadual do partido.

Arrumar a Casa

Na conversa com Hissa, o tom foi administrativo. Saber das dívidas do partido e pendências legais. Além do Amazonas, o novo presidente vai estar à frente das ações de reestruturação do PDT, em Roraima.

Aeroporto Eduardo Gomes

O ÚNICO recebeu nesta madrugada de 7 de janeiro várias mensagens de passageiros que estavam embarcando no Aeroporto Internacional de Manaus, o Eduardo Gomes. Todos reclamando da decisão da empresa Vinci Airports, concessionária que assumiu a administração do local em 1° de janeiro, em desligar o sistema de ar condicionado do saguão, transformando o espaço numa sauna sem direito às essências perfumadas que normalmente fazem parte desses ambientes.

Ousadia e informações privilegiadas

O fuzilamento a uma viatura policial, à luz do dia, no meio da rua, numa das avenidas mais importantes de Manaus e em frente ao Poder Judiciário mostra que o crime organizado está um passo à frente do sistema de segurança pública e perdeu completamente o medo das autoridades. Um dos atacantes da viatura foi preso três horas depois de ter acontecido o ataque na avenida São Francisco, em frente ao fórum Henoch Reis, que deixou dois homens mortos e um ferido, hospitalizado. Foi uma reação rápida, mas não responde a principal pergunta: como os criminosos sabiam a hora, local e rota em que a viatura iria trafegar? Quem passou essas informações a eles?

Chegada da “flurona”

Não bastasse a violência nas ruas, a Covid–19 e a Influenza, Manaus agora também já tem casos da “flurona”, a infecção que acontece simultaneamente com o paciente pegando Covid-19 e Influenza A (H3N2) ao mesmo tempo. A Fundação de Vigilância em Saúde confirmou os dois primeiros casos ontem, de duas mulheres jovens que viajaram para São Paulo e retornaram contaminadas. Os sintomas são leves, segundo a FVS, e ambas estavam vacinadas com duas doses.

Trânsito difícil

Vai ficar difícil trafegar pela Avenida Brasil, no bairro da Compensa, nesta sexta e sábado. A prefeitura vai fechar o trecho entre as ruas Dom Pedro e Professora Evangelina Brove, ao lado do Centro de Convivência de Família Magdalena Arce Daou, para realizar obra emergencial de drenagem. Melhor evitar.

Coari de novo

O novo prefeito de Coari, Keitton Pinheiro (PP), que assumiu a sete dias, já vai ter que explicar ao Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) algumas contas da ex-prefeita e sua tia, a vereadora Dulce Menezes. A corte de contas quer saber sobre uma lei sancionada na gestão da ex-prefeita que criou gratificação de produtividade para quem trabalhou na linha de frente de combate à Covid-19. Quem recebeu, quantos funcionários foram pagos, qual o valor, de onde saiu o dinheiro, são as perguntas do TCE.

Vacinação de crianças

A vacinação contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos no Amazonas será escalonada por grupos prioritários definidos pelo Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde (PNI/MS). Assim, quando as vacinas chegarem ao Estado, a imunização vai começar com crianças com deficiência permanente ou com comorbidades, depois crianças indígenas e quilombolas e/ou que vivem em lar com pessoas com risco para evolução grave de Covid-19 e só depois será aberta ao público em geral.

Carnaval sob suspense

Ainda não foi batido o martelo, mas o Carnaval de rua de Manaus em 2022 tem “probabilidade mínima” de acontecer, segundo declarou o secretário da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira. Independente de todos os alertas das autoridades sanitárias, tem gente e empresas montando bandas de rua para este final de semana e para os próximos, sem se importar com Ômicron, Influenza, violência ou o que quer que seja, visando seu lucro financeiro. Qualquer semelhança com “Não Olhe para Cima”, da Netflix, não é mera coincidência.

Vaga de TI na Procuradoria

A Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM) abriu três vagas de estágio para estudantes matriculados no curso de Tecnologia da Informação (TI). Os candidatos devem estar matriculados a partir do 3º período no curso de Tecnologia da Informação e o currículo pode ser enviado até 14 de janeiro para o e-mail [email protected]

Fake News perigosas

Os laboratórios Pfizer foram obrigados a desmentir uma notícia que circulou em todo o país ontem, informando que: “Pfizer compra fábrica desfibriladores no interior da Bahia. Com crescente avanço de causas de infarto causados pelo aquecimento global, empresa vê oportunidade para lançar aparelhos a preço de custo”. A montagem distribuída nas redes sociais usou o logotipo do G1 e falsificou o padrão visual do mesmo site.
Exatamente como aconteceu com o deputado federal José Ricardo (PT-AM) que foi vítima de uma falsificação de notícia que informava que ele era contra o jogo de sinuca por ser “um jogo racista”.

Mais uma

As falsas notícias atingiram também o Instituto Sidia e a Samsung, instalados na Zona Franca de Manaus. O instituto desmentiu ontem que vá sair da Zona Franca e se transferir para Porto Velho, em Rondônia e que é subsidiária da Samsung (são empresas diferentes, parceiras).

A confusão tributária

O início de ano de confusões tributárias do governo Bolsonaro gerou uma avaliação da SGH componentes eletrônicos, que fabrica LCDs e memórias na Zona Franca de Manaus. Segundo o “Estadão”, a SGH passou a considerar uma potencial alta de custos em 2022, como consequência da redução de benefícios no país. Isso porque um dos programas a que a empresa tem direito, o Padis, vai terminar no dia 22 de janeiro. O Congresso já aprovou uma prorrogação até 2026, mas o tema aguarda sanção presidencial.

Ameaça de desabastecimento

As filas de carretas e caminhões parados em Roraima, por conta do movimento de paralisação dos auditores da Receita Federal, já está criando alerta no setor de panificação. Isso porque as transportadoras de trigo vislumbram a possibilidade de desabastecimento, se o movimento não terminar logo. O protesto por reajuste já se estendeu pelas carreiras do Banco Central (BC) e também chegou aos auditores do Trabalho, que afirmam que vão entregar cargos de confiança. Uma paralisação está marcada para o dia 18 deste mês e indicativo de greve geral para fevereiro.

NOTA DA VINCI

A Concessionária Aeroportos da Amazônia, integrante da rede Vinci Airports, assumirá a gestão do Aeroporto de Manaus Eduardo Gomes apenas na próxima semana. Além de Manaus, em breve, outros seis aeroportos na região Norte do Brasil serão administrados pela concessionária. Sobre o ocorrido no dia 7 de janeiro, os esclarecimentos devem ser solicitados à atual administradora do Aeroporto de Manaus.

SIGA O PORTAL ÚNICO:
https://portalunico.com/

Facebook:
Facebook.com/portalunico.com

Instagram:
portalunico

Twitter:
@portalunico

FALE COM A GENTE

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 99167-0515

CEO: Cláudio Barboza
(92) 99116-1777

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.