Pauta econômica deve dominar debates do Congresso neste segundo semestre

Reforma tributária e novo arcabouço fiscal são os destaques

Matérias têm senadores do Amazonas como porta-vozes

Valéria Costa
Correspondente

Brasília (ÚNICO) – A Câmara dos Deputados e o Senado retornaram às atividades legislativas nesta terça-feira (1°) com grande responsabilidade na retomada do crescimento econômico do país, por meio de votações importantes para o governo federal: a reforma tributária e o novo arcabouço fiscal.
Aprovada na Câmara dos Deputados antes do recesso parlamentar, a PEC da reforma tributária tem como relator no Senado, o senador Eduardo Braga (MDB). Já o novo marco fiscal teve o senador Omar Aziz (PSD) como peça-chave para aprovação no Senado.

Expectativas

O senador Eduardo Braga aguarda a chegada do texto da reforma tributária aprovado na Câmara para iniciar os trabalhos. Mas, segundo apurado pela reportagem, a Câmara ainda não enviou a matéria para o Senado.


Quanto ao arcabouço fiscal, como aconteceram modificações no Senado, o texto voltou para nova votação na Câmara, mas aguarda o aval do presidente da casa, deputado federal Arthur Lira (PP-AL), para que seja pautado.


Na Câmara, o marco fiscal tem como relator o deputado federal Cláudio Cajado (PP-BA). Ao ÚNICO, o senador Omar Aziz disse que ainda não conversou com Cajado sobre a manutenção do relatório aprovado no Senado.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *