Parintins recebe reforço e terá 650 policiais militares durante o Festival

Embarque aconteceu na manhã desta segunda-feira

Policiamento será feito a pé, duas e quatro rodas e por drones

A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) embarcou, no início da manhã desta segunda-feira (24), um efetivo de mais de 500 policiais militares com destino a Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). A informação é do secretário estadual de Segurança Pública, coronel Vinícius Almeida, que convocou entrevista coletiva para falar do embarque dos militares.

A tropa irá reforçar o policiamento ostensivo antes, durante e após a 57ª edição do Festival de Parintins 2024, que acontece nos dias 28, 29 e 30 de junho.

No total, a Polícia Militar do Amazonas terá mais de 650 agentes trabalhando no período festivo. Entre o efetivo empregado no policiamento da Ilha Tupinambarana estarão policiais militares que possuem fluência em línguas estrangeiras, entre elas inglês e espanhol.

Policiamentos

Os tipos de policiamentos empregados na ação policial serão: Policiamento Ostensivo Geral (POG) a pé, motorizado com veículos de quatro e duas rodas, especializado, de trânsito, ciclístico, turístico e monitoramento com drone.

De acordo com o subcomandante-geral da PMAM, coronel PM Thiago Balbi, no município de Parintins serão disponibilizados pontos de visibilidade da instituição, por meio de barracas, para promover maior interação com moradores e visitantes da Ilha Tupinambarana.

Linhas-diretas da PMAM no Festival de Parintins

A Polícia Militar do Amazonas ativou os contatos de linhas-diretas para o atendimento da população em casos de emergência e denúncias, por meio dos números (92) 99270-7803 / (92) 98414-0554 do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM), (92) 98842-1769 da Companhia de Policiamento Turístico (CPTur) e o (92) 99527-8008 do Ronda Maria da Penha.

Policiamento em Manaus

Durante a coletiva de imprensa realizada nesta manhã, no Porto de Manaus, bairro Centro, zona sul de Manaus, o secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel PM Vinicius Almeida, destacou que a capital amazonense não sofrerá nenhuma alteração no policiamento.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *