PRIMEIRA MÃO

Os herdeiros do deputado Silas Câmara

Deputado Silas Câmara em sessão no Congresso Nacional (Foto: Agência Câmara)

Decisão anima até suplente

Parlamentar diz ter confiança em manter o mandato

Bancada do Amazonas destina dinheiro para reforma de igrejas históricas

Qual será o tom da assembleia legislativa em 2024

Mudanças na presidência do Tribunal Eleitoral

Partido Novo lança candidata à Prefeitura de Parintins nesta quinta

PF apreende pornografia infantil em Manaus

Atenção para as regras do Juizado da Infância no Carnaval

Começa hoje o reinado de Momo no Sambódromo

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

A corrida pelo mandato de Silas Câmara

O ÚNICO ouviu especialistas sobre o desdobramento da decisão do Tribunal Regional Eleitoral que votou, por 4 a 2, nesta quarta-feira (31), pela perda de mandato do deputado federal Silas Câmara, por fretamento irregular de aeronave com uso de recursos públicos (fundo eleitoral), na campanha de 2022. Segundo os especialistas, perdem o mandato Silas e Adail Filho e ganham mandato Pauderney Avelino e Alfredo Nascimento.

Decisão invalidou os votos

Tudo isso porque os julgadores decidiram invalidar os votos de Silas Câmara para contagem do quociente eleitoral de 2022. Agora cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (até existem embargos no TRE-AM, mas protelatórios). O recurso tem efeito suspensivo, ou seja, Silas continua no mandato até decisão do TSE.

Suplente pode assumir

Nesse cenário, o suplente de deputado federal Delegado Pablo, pode até assumir, dependendo das negociações que vão acontecer. Mas tudo vai ficar para depois da decisão do TSE. Só pra lembrar, na última vez que um tribunal superior analisou recursos de Silas Câmara demorou 20 anos para dar a decisão e o crime prescreveu.

Silas acredita que reverte no TSE

O deputado Silas Câmara disse ao ÚNICO que acredita na possibilidade real de reverter a decisão do TRE. Ele avalia que o embasamento do tribunal “é frágil” e não irá se sustentar. Silas cumpre seu quarto mandato consecutivo de deputado federal.

Dinheiro para reforma de igrejas

A bancada do Amazonas no Congresso Nacional destinou R$ 8 milhões para reforma de três igrejas católicas do centro histórico de Manaus. O senador Omar Aziz, que é o coordenador do grupo, e o deputado federal Sidney Leite, estiveram nesta quarta-feira (31) com o cardeal de Manaus, Dom Leonardo Steiner, para oficializar a ação.

Igrejas contempladas

As reformas vão atender as igrejas de Nossa Senhora da Conceição (Matriz), Nossa Senhora dos Remédios e de São Sebastião. A expectativa é que os trabalhos levem de 9 a 12 meses.

Papel da Assembleia em 2024

Nesta quinta-feira (1) a Assembleia Legislativa retorna às atividades, com a expectativa sobre qual será a linha política a ser adotada neste ano e qual o papel que vai adotar em relação às eleições municipais.

Vagas no Tribunal Eleitoral

O Tribunal de Justiça do Amazonas começou o processo sucessório que vai renovar a presidência e a vice do Tribunal Regional Eleitoral. Serão abertas as vagas do atual presidente, desembargador Jorge Lins, que encerra seu primeiro biênio no comando e também da desembargadora Carla Reis, a vice-presidente. O edital já foi lançado.

Novo lança Michele em Parintins

A presidente do partido Novo, no Amazonas, reitora Maria do Carmo Seffair, está em Parintins, hoje, para lançar a candidatura da ex-primeira dama Michele Valadares como pré-candidata à prefeitura do município. Maria do Carmo tem dito que o partido vai lançar candidatos em vários outros municípios amazonenses.

Fac-símile do convite do Partido Novo para o evento desta quinta, com Michele Valadares, de azul e Maria do Carmo Seffair (Foto: Reprodução do convite)

Pedofilia em Manaus

A Polícia Federal informou que está desenvolvendo a Operação Coletores para reprimir o armazenamento de material contendo abuso sexual infantil, em Manaus. Segundo a instituição, um homem (não identificado) foi abordado em seu local de trabalho, onde ele armazenada dezenas de imagens.

Crianças, não pode

Falando em abuso, o Juizado da Infância e Juventude alerta para a proibição de presença de crianças abaixo de 12 anos no sambódromo e em festas carnavalescas. O conselho tutelar e os fiscais vão atuar. Existem festas infantis, nas quais as crianças podem ir e, acima dos 12 anos, só com autorização por escrito dos pais e com documentos.

Começa a disputa no Sambódromo

Começa nesta quinta-feira (1) o Carnaval na Floresta, com o desfile de oito escolas do grupo de acesso B e nove do acesso. A entrada é gratuita e os desfiles começam às 21h.

Ensaio das escolas de samba no Sambódromo, na terça à noite: nesta quinta é pra valer (Foto: SEC/Secom)

FALE CONOSCO

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 98638-5707

CEO: Claudio Barboza
(92) 99116-1777


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *