Onilza Gerth e Abraham Peixoto são os novos desembargadores do Amazonas

A juíza Onilza Abreu Gerth e o juiz Abraham Peixoto Campos Filho foram eleitos os dois novos desembargadores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), em escolha simples feita pelo pleno, na manhã desta terça-feira (11).

As vagas foram preenchidas por antiguidade e merecimento

Pela primeira vez o TJAM tem sete mulheres em sua composição

A juíza Onilza Abreu Gerth e o juiz Abraham Peixoto Campos Filho foram eleitos os dois novos desembargadores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), em escolha simples feita pelo pleno, na manhã desta terça-feira (11).
Gerth foi eleita pelo critério de antiguidade e disputou a vaga com outros quatro magistrados. Ela ocupa agora a vaga deixada pelo desembargador Sabino Marques, que se aposentou.


Pelo critério do merecimento, o escolhido foi Abraham Peixoto, que ocupa a vaga aberta pelo falecimento do desembargador Aristóteles Lima Thury, em fevereiro deste ano, por complicações da Covid-19.


Com a eleição de Onilza Gerth, pela primeira vez o Tribunal de Justiça do Amazonas tem sete mulheres em sua composição: Maria das Graças Figueiredo, Socorro Guedes, Carla Reis, Nelia Caminha, Joana Meireles e Vânia Marques.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *