PRIMEIRA MÃO

Omar antecipa relatório da CPI da Covid

Omar Aziz

Empresário indicado para receber título na assembleia deve milhões ao Brasil

Festival de Teatro terá 20 espetáculos em outubro

Ministério Público investiga Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas

Tribunal de Justiça escolhe dois novos desembargadores nesta terça

Wilson Lima lança novo Refis para devedores do Estado

Polo Industrial cresce mais de 52% nos sete primeiros meses

Lei das sacolinhas plásticas vai ter que ser emendada às pressas

Justiça aceita denúncia contra delegado que desviava ouro

Relatório da CPI

O presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD) disse que o relatório final da comissão deve pedir o indiciamento de mais de 30 investigados. Omar considera que será impossível o procurador-geral da República, Augusto Aras, simplesmente engavetar o relatório da comissão.

Deputado quer homenagear sonegador

O deputado estadual Fausto Júnior (MDB) indicou o empresário bilionário brasileiro Luciano Hang, dono da Havan, para receber o título de Cidadão do Amazonas. Uma investigação denominada de Pandora Papers, revelou que Hang manteve por 17 anos uma offshore em um paraíso fiscal, no valor de R$$ 112,6 milhões, sem recolher um real de imposto ao Brasil.

Festival de Teatro

Começará na sexta-feira (8) a 15ª edição do Festival de Teatro da Amazônia, com apresentações presenciais em Manaus e no município de Iranduba. Para apresentações em Manaus é necessário agendar pelo cultura.am.gov.br

Investigação na fundação de pesquisa

O Ministério Público do Amazonas, está investigando supostas prática de improbidade administrativa na atual gestão da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas, cuja presidência está sendo exercida pela ex-reitora da Ufam, Márcia Perales.

Novos desembargadores

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) vai eleger nesta terça-feira (5) dois novos desembargadores, por critérios de merecimento e antiguidade, durante a sessão do Pleno, que será transmitida pelo YouTube. A posse é daqui a três dias (8/10).
As vagas foram abertas pela aposentadoria compulsória da desembargadora Encarnação das Graças Sampaio Salgado, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela aposentadoria do desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa, que completou 75 anos em agosto passado.

Polo Industrial reagindo

Os indicadores do Polo Industrial de Manaus (PIM) demonstram franca recuperação do setor, com crescimento do faturamento e número de empregos gerados nos sete primeiros meses do ano. No primeiro caso, foi 52,51% de crescimento em relação ao mesmo período do ano passado. E, nos empregos, o crescimento foi de 10,87%, ou seja, 99.656 trabalhadores empregados, contra 89.883 do ano passado.

As sacolas da discórdia

Depois da grita geral dos consumidores por ter que pagar as sacolas plásticas oferecidas nos supermercados, o líder do prefeito na Câmara Municipal, vereador Marcelo Serafim (PSB), vai apresentar emendas modificativas para adequar algumas coisas, sendo a principal delas a ganância dos empresários do setor. “A eles cabe apenas repassar o custo da sacola, não cobrar 50 centavos em cada unidade”, lembrou o vereador.

Ninguém quer colaborar

Nessa disputa de sacolinhas, fica claro que os consumidores não entenderam que a lei visa estimular o uso de sacolas não-descartáveis de tecido, lona, nylon, com objetivo de proteger o meio ambiente. E os donos de supermercados, que já embutiam o custo das sacolas nos produtos, estão cobrando mais caro do que antes por quê?

Refis estadual

O governador do Amazonas, Wilson Lima lançou ontem (4) a nova edição do Programa de Regularização Fiscal (Refis) com a concessão parcial de remissão e anistia de juros e multas de débitos de impostos e contribuições estaduais. Os descontos podem chegar a 95% e os interessados poderão aderir ao programa até 31 do próximo mês de dezembro.

De delegado a réu

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público (MP-AM) contra o ex-secretário de Inteligência do estado, Samir Freire, e outras seis pessoas investigadas na Operação Garimpo Urbano, deflagrada em julho deste ano. Com isso, eles se tornam réus no processo e são acusados de desvio de cargas de ouro, crimes de extorsão, fraudes processuais e organização criminosa.


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *